AdWords
956 Usuários online agora
956 Usuários online agora
Espaço dedicado para dúvidas relacionadas às políticas do AdWords e aprovação de anúncios
Guie-me
star_border
Responder

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Estudante ✭

Fala galera, blz?

 

Bom, tenho um novo cliente do segmento de terapias florais, fitoterapia, etc... (com site em wix). Como faz tempo que não faço Adwords para clientes com site Wix, primeiro quero saber se não haverá nenhum problema com a plataforma em si. Pelo que analisei o conteúdo do site está ok.

 

Mas na verdade, a minha dúvida principal é: Os termos "terapia floral", "fitoterapia" e derivados, podem ter restrições para criação dos anúncios e uso de palavras-chaves?

Estes tratamentos usam óleos essenciais, plantas medicinais para tratar doenças em geral. Em alguns casos, o meu cliente pode receitar ao paciente a manipulação de produtos, mas ela mesma não manipula!

 

Fiz pesquisas no buscador do Google e não achei ninguém fazendo anúncios!

Procurei aqui na Comunidade e não encontrei nada!

Procurei nas políticas de privacidade do Adwords e não encontrei nada!

Procurei no grupo do Adwords no Facebook e nada também!

 

Por favor, alguém consegue me auxiliar nesta dúvida.

(Foi difícil conseguir fechar um freela este ano e justamente aparece um segmento que não tenho experiência rsrs!) Piscadela do Smiley

 

Muito obrigado

E boa semana a todos!

 

Abraços

Especialistas responderamverified_user
1 SOLUÇÃO ACEITA

Soluções aceitas
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico Robson Honório
Junho 2017

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Principal Colaborador

A promoção de florais não tem problema, depende do conteúdo do website.

 

Se no site tiver alegações do tipo: Use florais de bach para tratar alguma coisa, ou mesmo citar doenças ou melhorias na qualidade de vida de alguma forma, a conta será suspensa por alegações sem comprovações médicas. 

 

Pelo que sei, não existe comprovação científica de que florais possuem benefício médico - mas qualquer um é livre para comprar e vender.

 

 

___

"Você não precisa de uma empresa de 100 funcionários para desenvolver aquela ideia" ~Larry Page

Exibir solução no post original

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Principal Colaborador

Fala Robson, como vai?

 

Pelo visto você cobriu todas as oportunidades para explorar sobre o assunto.

 

O que recomendo você fazer é ligar diretamente no suporte, algumas vezes em momentos diferentes (para ter várias opiniões) e verificar diretamente com eles lá se isso é permitido e quais são as políticas aplicáveis em cima.

 

Também vale aguardar alguém da comunidade falar caso já tenha trabalhado nessa área, eu particularmente nunca atendi alguém do segmento e realmente não sei dizer.

 

Espero que ajude.

_

Leandro Martinez | Basta1Click - Consultoria AdWords | Ícone Basta1ClickÍcone FacebookÍcone YouTubeÍcone Linkedin

Recebeu uma resposta que foi útil? Marque-a como solução clicando no botão "Aceitar como Solução" e ajude a nossa comunidade.

Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico Robson Honório
Junho 2017

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Principal Colaborador

A promoção de florais não tem problema, depende do conteúdo do website.

 

Se no site tiver alegações do tipo: Use florais de bach para tratar alguma coisa, ou mesmo citar doenças ou melhorias na qualidade de vida de alguma forma, a conta será suspensa por alegações sem comprovações médicas. 

 

Pelo que sei, não existe comprovação científica de que florais possuem benefício médico - mas qualquer um é livre para comprar e vender.

 

 

___

"Você não precisa de uma empresa de 100 funcionários para desenvolver aquela ideia" ~Larry Page

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Principal Colaborador

Viva tenho um caso semelhante em que o cliente faz terapias com produtos naturais e não tem problemas para anunciar.

 

desde que não abuses nas alegações que faz no site sem prova científica penso que não terá problemas. 

 

De de qualquer das formas o suporte pode ajudar melhor a esclarecer onseu caso em específico 

A minha resposta foi útil? Se sim, marque-a como a "Melhor resposta".
Nuno Mota
google + "Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo (Paul Pilzer)"

Google

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Estudante ✭

E aí Nuno, blz?

 

Opa, que maravilha, achei que tivesse sozinho nessa.

Bom, vou analisar com calma o site antes de pensar em criar os anúncios.

 

Ah, a título de conhecimento, será que posso colocar o site aqui para que deem uma olhada!!?

 

Muito obrigado

Abs,

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Estudante ✭

Tudo bem Leandro, e vc?

 

Vou entrar em contato direto com o suporte, assim consigo ter uma resposta mais precisa!

 

Muito obrigado

 

Abs,

 

 

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Estudante ✭

E aí Gravity, blz?

 

Maravilha! Conforme respondi aqui, vou entrar em contato direto com o suporte e tirar essa dúvida.

 

Muito obrigado

Abs,

Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Estudante ✭

Olá Nuno, td bem?

 

Como vc comentou que já atuou neste segmento, será que podemos trocar uma idéia mais detalhada sobre como deve estar o site e a própria campanha no Adwords, para eu me precaver de reprovações!!

 

No aguardo

Obrigado

 

Abs

Re: Anúncios relacionados a: Fitoterapia, Terapia Floral etc...

Principal Colaborador

Olá Robson

 

Segmento semelhanteSmiley feliz Deixo duas dicas para você tente concentrar-se em dar informações , passar conhecimento no website para que os seus visitantes lhe reconhecam crédito e seja mais fácil a conversao.

 

Sobre as alegações no site, tente se focar em não dar alegações duvidosas ou exageradas que não consiga comprovar. Alguma coisa aqui suporte pode orientar você também.

 

abraço

A minha resposta foi útil? Se sim, marque-a como a "Melhor resposta".
Nuno Mota
google + "Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo (Paul Pilzer)"

Google