AdWords
680 Usuários online agora
680 Usuários online agora
Espaço dedicado para dúvidas relacionadas às políticas do AdWords e aprovação de anúncios
Guie-me
star_border
Responder

Colocar nome do concorrente nas palavras-chave e corpo dos anuncios

Estudante ✭ ✭ ✭

Após ler diversas debates em em mensagens anteriores, obtive algumas conclusões, gostaria de reabrir o tema com algumas considerações e perguntas, Se tiver alguém com conhecimentos de Direito ou legislação e queira citar a ótica pelo direto seja bem vindo.

 

Eh legal comprar palavras chaves dos concorrentes?

Pelo que entendi seria legal a compra de palavra chave o que seria ilegal e uso de uma marca registrada.

 

Considerando "marca registrada" entendemos que concorrentes tem pedido de registro porem a porem em analise de Mérito pelo inpi, então pergunto.

 

Uma marca sem o devido Registro no Inpi consegue bloquear previamente o uso dela junto ao Google?

 

Uma concorrente que Registrou apenas o Registro do dominio no registro br e fez um site, e nem solicitou o registro da marca no INPI poderia impedir anuncio? (lembro que muitos registramo dominio palavras chaves genericas que estão disponivel para registro e alguns termos são considerados uso publico e não passível de Registro no Inpi ex ilustrado: beleza cabelos, o concorrente consegue registrar o ex de dominio www.belezacabelos.kkk.br, e ai este cliente monta uma empresa e consegue abrir e cnpj e monta toda sua identidade m cima dete nome, fez tudo isso mas ainda o registro da marca esta em um merito e pode ser sobrestado a qualquer momento , mas mesmo assim quer impedir todas a loja do seguimento de beleza e cabelo a colocar que colocamos no CORPO DO ANUNCIO exemplo.

 

Beleza Cabelos - oferta imperdível

www.siteconcorentedebelezacabelos.com.br

Compre 65 x sem juros 

 

Minha Pergunta eh seria Ilegal?

Ele consegue Solicitar a exclusão do anuncio perante o google sem que ele tenha a marca registrada e apenas ter uma url registrada? 

Vamos supor que este concorrente até consiga o registro no INPI e e como sabemos nos não ficamos pesquisando INPI para montar nossas campanha (isso seria impossivel geralmente quando compramos uma palavra de marca registrada ou usamos em nossos anuncios e se a marca proibe o googe de usar em outros anunciantes geralmente da erro e ai tiramos estas palavras) Eu usando o recurso {keywords} na criação dos anúncios e comprando as palavras generica como  +beleza +cabelos o google pode criar um anuncio de forma automática quando alguem digitar "beleza cabelos site", e ai a duvida , é permitido comprar palavras chaves de concorrentes, porem não é permitido usar a marca do concorrente no corpo do anuncio, mas eu consultor comprei palavras genericas e a automatização criou o Anuncio, Quem seria o infrator? o consultor que criou a campanha? o Google que criou o Anuncio? ou a empresa dona da conta n o adwords, que contratou e aceitou as politicas Google e contratou um consultor para gerir a campanha.

 

Alguem sabe me informar se nos TERMOS de aceite do google , quando criamos a conta damos permissão ao Google de autorizar a venda de palavras chaves relacionada a nossa marca.

 

Sei que tema é polemico, já exposto em outros pontos mas gostaria de levantar este pontos , principalmente pela ótica da automatização da criação dos anúncios e aspectos legais e diretrizes do termo .

 

 

 

 

 

Especialistas responderamverified_user

Soluções aceitas
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico Jefferson M
Setembro 2016

Re: Colocar nome do concorrente nas palavras-chave e corpo dos anuncios

Principal Colaborador

Olá Jefferson, como vai?

 

Vamos aos pontos.

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Eh legal comprar palavras chaves dos concorrentes?

Pelo que entendi seria legal a compra de palavra chave o que seria ilegal e uso de uma marca registrada.


Do ponto de vista judicial eu não sei dizer os detalhes sobre legalidade ou não, mas já vi alguns casos de empresas que entraram na justiça contra concorrente que estava fazendo isso, e os casos foram ganhos por concorrência desleal. @pelati tem um pé grande na advocacia, pode ajudar a gente nessa parte.

 

Agora, olhando única e exclusivamente pelo lado do Google e suas políticas: O anunciante pode comprar a marca concorrente como palavra-chave, mas não pode utilizar a marca concorrente no texto do anúncio.

 

Referência: https://support.google.com/adwordspolicy/answer/6118?hl=pt-BR

 

Marcas registradas como palavras-chave
O Google não investiga ou restringe a seleção de marcas registradas como palavras-chave, mesmo que recebamos uma reclamação de marca registrada.
Marcas registradas em textos de anúncios
O Google analisa as reclamações e pode restringir o uso de uma marca registrada nos textos de anúncios. A exibição dos anúncios do Google AdWords não é permitida quando o texto dos anúncios contém marcas registradas restritas. Essa política aplica-se em todos os países.

Existem alguns países com exceção como é citado no link, mas nós não estamos entre eles.

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Uma marca sem o devido Registro no Inpi consegue bloquear previamente o uso dela junto ao Google?

Não, se a marca não tem registro no INPI ela não existe como marca, e com isso, não consegue bloquear nada dentro do Google. 

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Ele consegue Solicitar a exclusão do anuncio perante o google sem que ele tenha a marca registrada e apenas ter uma url registrada? 

 


Mesmo caso acima, também não consegue. Sem o registro de marca no INPI, o nome da empresa é apenas uma "palavra qualquer" que está ali. Uma outra pessoa/empresa poderia registrar o nome e roubar ela da primeira empresa. Acontece bastante.

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

 

Vamos supor que este concorrente até consiga o registro no INPI e e como sabemos nos não ficamos pesquisando INPI para montar nossas campanha (isso seria impossivel geralmente quando compramos uma palavra de marca registrada ou usamos em nossos anuncios e se a marca proibe o googe de usar em outros anunciantes geralmente da erro e ai tiramos estas palavras) Eu usando o recurso {keywords} na criação dos anúncios e comprando as palavras generica como  +beleza +cabelos o google pode criar um anuncio de forma automática quando alguem digitar "beleza cabelos site", e ai a duvida , é permitido comprar palavras chaves de concorrentes, porem não é permitido usar a marca do concorrente no corpo do anuncio, mas eu consultor comprei palavras genericas e a automatização criou o Anuncio, Quem seria o infrator? o consultor que criou a campanha? o Google que criou o Anuncio? ou a empresa dona da conta n o adwords, que contratou e aceitou as politicas Google e contratou um consultor para gerir a campanha.

Normalmente quando o anunciante tem o termo inserido dinamicamente no anúncio, o anúncio não é exibido. Ele passou nas etapas do leilão, mas por questões editoriais não será mostrado. Há casos em que isso falhou e o anúncio apareceu, mas se existe o registro da marca, o erro está no sistema do Google em não ter feito o bloqueio corretamente e não do anunciante, uma vez que aquilo é feito dinamicamente. 

 

Outra coisa importante é que para nomes que usam palavras comuns como o exemplo que você citou, normalmente o INPI não aprova esse tipo de registro, então "belezacabelo" seria um nome impedido de registro de marca pelo INPI, por exemplo. Pegando um caso comum que é a Azul Linhas Aéreas, eles nunca poderiam bloquear a palavra "azul" por exemplo, somente o termo completo "azul linhas aéreas".

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Alguem sabe me informar se nos TERMOS de aceite do google , quando criamos a conta damos permissão ao Google de autorizar a venda de palavras chaves relacionada a nossa marca.

Pelo que consta na central, não existe nada escrito dessa forma, em o anunciante liberar o uso da marca, porém, como se trata de uma plataforma de publicidade e anúncios dentro do Google, existe a questão de exposição da sua marca/identidade. Eu não procurei no detalhe, mas você pode conferir aqui: https://www.google.com/intl/pt-BR/policies/privacy/

 

Acho que é isso.

 

Espero que ajude.

 

Abraços,

_

Exibir solução no post original


Todas as respostas

Re: Colocar nome do concorrente nas palavras-chave e corpo dos anuncios

Graduado ✭ ✭
Bom dia @JeffersonMartins R

Você só pode pedir exclusão se for detentor da marca, registrar domínio só te garante a url.
Quantas outras questões.
Tenha em mente que Google é uma empresa privada e com um politica própria.
Se você por acaso fizer erros sucessivos ou induzir alguém ao erro ela pode simplesmente te banir e não mais prestar serviços a inscrição atrelada a conta.
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico Jefferson M
Setembro 2016

Re: Colocar nome do concorrente nas palavras-chave e corpo dos anuncios

Principal Colaborador

Olá Jefferson, como vai?

 

Vamos aos pontos.

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Eh legal comprar palavras chaves dos concorrentes?

Pelo que entendi seria legal a compra de palavra chave o que seria ilegal e uso de uma marca registrada.


Do ponto de vista judicial eu não sei dizer os detalhes sobre legalidade ou não, mas já vi alguns casos de empresas que entraram na justiça contra concorrente que estava fazendo isso, e os casos foram ganhos por concorrência desleal. @pelati tem um pé grande na advocacia, pode ajudar a gente nessa parte.

 

Agora, olhando única e exclusivamente pelo lado do Google e suas políticas: O anunciante pode comprar a marca concorrente como palavra-chave, mas não pode utilizar a marca concorrente no texto do anúncio.

 

Referência: https://support.google.com/adwordspolicy/answer/6118?hl=pt-BR

 

Marcas registradas como palavras-chave
O Google não investiga ou restringe a seleção de marcas registradas como palavras-chave, mesmo que recebamos uma reclamação de marca registrada.
Marcas registradas em textos de anúncios
O Google analisa as reclamações e pode restringir o uso de uma marca registrada nos textos de anúncios. A exibição dos anúncios do Google AdWords não é permitida quando o texto dos anúncios contém marcas registradas restritas. Essa política aplica-se em todos os países.

Existem alguns países com exceção como é citado no link, mas nós não estamos entre eles.

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Uma marca sem o devido Registro no Inpi consegue bloquear previamente o uso dela junto ao Google?

Não, se a marca não tem registro no INPI ela não existe como marca, e com isso, não consegue bloquear nada dentro do Google. 

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Ele consegue Solicitar a exclusão do anuncio perante o google sem que ele tenha a marca registrada e apenas ter uma url registrada? 

 


Mesmo caso acima, também não consegue. Sem o registro de marca no INPI, o nome da empresa é apenas uma "palavra qualquer" que está ali. Uma outra pessoa/empresa poderia registrar o nome e roubar ela da primeira empresa. Acontece bastante.

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

 

Vamos supor que este concorrente até consiga o registro no INPI e e como sabemos nos não ficamos pesquisando INPI para montar nossas campanha (isso seria impossivel geralmente quando compramos uma palavra de marca registrada ou usamos em nossos anuncios e se a marca proibe o googe de usar em outros anunciantes geralmente da erro e ai tiramos estas palavras) Eu usando o recurso {keywords} na criação dos anúncios e comprando as palavras generica como  +beleza +cabelos o google pode criar um anuncio de forma automática quando alguem digitar "beleza cabelos site", e ai a duvida , é permitido comprar palavras chaves de concorrentes, porem não é permitido usar a marca do concorrente no corpo do anuncio, mas eu consultor comprei palavras genericas e a automatização criou o Anuncio, Quem seria o infrator? o consultor que criou a campanha? o Google que criou o Anuncio? ou a empresa dona da conta n o adwords, que contratou e aceitou as politicas Google e contratou um consultor para gerir a campanha.

Normalmente quando o anunciante tem o termo inserido dinamicamente no anúncio, o anúncio não é exibido. Ele passou nas etapas do leilão, mas por questões editoriais não será mostrado. Há casos em que isso falhou e o anúncio apareceu, mas se existe o registro da marca, o erro está no sistema do Google em não ter feito o bloqueio corretamente e não do anunciante, uma vez que aquilo é feito dinamicamente. 

 

Outra coisa importante é que para nomes que usam palavras comuns como o exemplo que você citou, normalmente o INPI não aprova esse tipo de registro, então "belezacabelo" seria um nome impedido de registro de marca pelo INPI, por exemplo. Pegando um caso comum que é a Azul Linhas Aéreas, eles nunca poderiam bloquear a palavra "azul" por exemplo, somente o termo completo "azul linhas aéreas".

 


JeffersonMartins R escreveu:

 

Alguem sabe me informar se nos TERMOS de aceite do google , quando criamos a conta damos permissão ao Google de autorizar a venda de palavras chaves relacionada a nossa marca.

Pelo que consta na central, não existe nada escrito dessa forma, em o anunciante liberar o uso da marca, porém, como se trata de uma plataforma de publicidade e anúncios dentro do Google, existe a questão de exposição da sua marca/identidade. Eu não procurei no detalhe, mas você pode conferir aqui: https://www.google.com/intl/pt-BR/policies/privacy/

 

Acho que é isso.

 

Espero que ajude.

 

Abraços,

_

Re: Colocar nome do concorrente nas palavras-chave e corpo dos anuncios

Principal Colaborador
Jefferson,

Na minha opinião a resposta do Leandro está perfeita.

Sobre se é permitido por lei comprar palavras-chave de concorrentes, mesmo sem exibir o termo no anúncio, pelo menos no Tribunal de Justiça de São Paulo tenho visto diversas decisões condenando empresas que adotam tal prática por entenderem se tratar de concorrência desleal.

Assim, nas contas que gerencio, tenho evitado utilizar marcas concorrentes nas campanhas, para prevenir possíveis problemas, mesmo que esses termos tenham dado resultados no passado.

Espero ter ajudado.
__
Alex Pelati

Re: Colocar nome do concorrente nas palavras-chave e corpo dos anuncios

Principal Colaborador
Ola pessoal

Excelente discussao e polemica tambem. Ja foi abordada por varias vezes aqui na Comunidade.

Do ponto de vista etico nao e uma boa pratica usar o nome da empresa / marca concorrente como palavra chave e/ ou no texto do anuncio. Todos nos sabemos isso. Se funciona? Isso e outra questao.

Do ponto de vista do Google o que faz é por padrao permitir usar como palavra chave e/ou no texto do anuncio. Para impedir que seja usada o detentor da marca tem que fazer prova para tentar impedir essa pratica. Moroso mas que da os seus frutos.

Do ponto de vista legal, acredito que nao o seja em ambas as situaçoes. Os tribunais civeis estarao cheios de queixas contra este tipo de pratica. E caso seja levado ate as ultimas instancias tenho conhecimento de alguns casos que o prevacaridor e punido por uso indevido da marca em benificio proprio e concorrencia desleal. Preciso fazer muita prova aqui.

Depois entram os casos de dificil analise . existem "artistas" que conseguem registar marcas com expressoes que sao usadas como palavras chave. Tenho um caso desses aqui. A questao aqui e mais dificil pois se o Inpi deixou registar, como sera possivel ser ilegal os concorrentes usar essa palavra chave? Uma questao de tribunal e que pode variar!


Nuno Mota
google + "Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo (Paul Pilzer)"

Google