AdWords
509 Usuários online agora
509 Usuários online agora
Espaço dedicado para dúvidas relacionadas às políticas do AdWords e aprovação de anúncios
Guie-me
star_border
Responder

Objetivamente, por que a creatina e a carnitina são proibidos no Adwords?

Calouro ✭

Minha loja virtual vende suplementos alimentares. Já imagino que as respostas já vem prontas para mim, mas vamos lá.

Mais do mesmo 1: minha loja vende suplementos alimentares, sendo que todos os produtos são autorizados pela ANVISA.

Mais do mesmo 2: não existe regulamentação sobre anúncios ou publicidade no Brasil, como existe com o tabaco.

Mais do mesmo 3: sim, apesar de não anunciarem, Netshoes, Madrugão Suplementos, entre outros vendem creatina e carnitina em seus sites.

Dúvidas objetivas requerem respostas objetivas:
1- Por que a creatina e a carnitina são proibidos no Adwords?
2- Por que apesar de não querer anunciar Creatina, ainda sou obrigado a retirar do site estes produtos?
3- Por que a política se aplica a minha empresa e não se aplica a outros sites?
4- Por que mesmo falando com o suporte sobre isso, continuo sendo reprovado e outros sites continuam vendendo e, ao mesmo tempo, sendo anunciantes do Google (mesmo que não anunciem produtos "proibidos")?

Especialistas responderamverified_user

Re: Objetivamente, por que a creatina e a carnitina são proibidos no Adwords?

[ Editado ]
Principal Colaborador

Fala @Site F, como vai?

 

Realmente um assunto polêmico dentro do Adwords e que sofreu muitas alterações.

 

Vou tentar colocar o que sei de forma simples e objetiva e tentar te ajudar ao máximo com o que posso, por ter participado/acompanhado boa parte do processo de mudanças que aconteceram nesse setor.

 


Site F escreveu:

Mais do mesmo 1: minha loja vende suplementos alimentares, sendo que todos os produtos são autorizados pela ANVISA.
Mais do mesmo 2: não existe regulamentação sobre anúncios ou publicidade no Brasil, como existe com o tabaco.


Isso é a frustração de muitos no Brasil, onde mesmo tendo produtos liberados pela ANVISA, são restringidos pelo Google. Independente de ser liberado pela ANVISA, ponto importante é que a ferramenta possui as suas próprias políticas, e quando o anunciante cria sua conta, ele aceita as condições de uso para poder anunciar. Sendo assim, independente de um órgão que regularize isso ou não, o anunciante está sujeito as regras do Google.

 


Site F escreveu:

Mais do mesmo 3: sim, apesar de não anunciarem, Netshoes, Madrugão Suplementos, entre outros vendem creatina e carnitina em seus sites.


Apesar do que muitos pensam, estes anunciantes não infringem as regras. O anunciante pode sim ter produtos como Creatina anunciados no site. Explicarei na sua última pergunta com análise das políticas.

 


@Site F escreveu:

1- Por que a creatina e a carnitina são proibidos no Adwords?


Não existe um motivo oficial publicado por parte do Google, você não vai achar essa resposta do jeito que procura. O que você encontrar de respostas será um apanhado de pessoas que estão nisso há bastante tempo, pessoas que falaram com o suporte, pessoas que falaram com representantes e outras formas indiretas.

 

Do meu lado, o que posso colocar além dos fatores comuns, é que o Google tenta de alguma forma se proteger de anunciantes que podem extrapolar no sensacionalismo, muitas vezes prometendo um ganho irreal em cima dessas substâncias, como é o caso da Creatina. Isso é comum a todo grande canal de mídia.

 

O Facebook por exemplo não deixa você usar fotos de antes/depois mostrando uma transformação, mesmo que esteja relacionado totalmente a uma alimentação saudável, sem mencionar ou se ligar a qualquer coisa de remédios/suplementos.

 


@Site F escreveu:

2- Por que apesar de não querer anunciar Creatina, ainda sou obrigado a retirar do site estes produtos?


Não, você não é obrigado a retirar esses produtos do seu site. 

 


@Site F escreveu:

3- Por que a política se aplica a minha empresa e não se aplica a outros sites?


A política se aplica para todos.

 

O que acontece é que muitos fazem as investigações por conta própria e acabam "vendo o que querem" (estou dizendo de forma geral, não que é o seu caso), e vira um processo natural, pois a pessoa está frustrada por ter sido reprovada por exemplo, e vê o "grande" vendendo o produto em questão. Isso acontece por falta de esclarecimento das políticas e pela informação errada que cada um vai passando adiante.

 


Site F escreveu:

4- Por que mesmo falando com o suporte sobre isso, continuo sendo reprovado e outros sites continuam vendendo e, ao mesmo tempo, sendo anunciantes do Google (mesmo que não anunciem produtos "proibidos")?


Aqui entramos na grande discussão e solução do problema.

 

Fato 1: no começo, o próprio Google não tinha regras claras sobre o segmento. O suporte foi mal informado e para evitar problemas, recomendava em linhas gerais que o anunciante retirasse completamente os produtos do site. Essa informação é errada e não vale, nunca valeu e nunca irá valer. O Google não pode ditar o que você pode ou não vender em seu próprio site.

 

Fato 2: Apesar do fato 1 ser totalmente equivocado por parte do suporte e muitos saberem disso, ele ainda acontece. Vou deixar aqui toda a base que você precisa para ficar dentro das políticas, mas infelizmente é comum ainda ter pessoas no suporte que não entendem dessas regras tão a fundo, o que pode causar problemas para você, anunciante. O que quero deixar aqui são todos os pontos para você ter poder de argumentação caso realmente tenha sido injustiçado, mas primeiro, precisa saber se realmente está dentro das políticas.

 

» O que a política realmente diz?

Referência: https://support.google.com/adwordspolicy/answer/176031?hl=pt-br

Citação: "Na maioria dos países, o Google não permite o uso de termos relacionados a medicamentos controlados no texto do anúncio, em páginas de destino ou em palavras-chave"

 

ScreenHunter_02 Dec. 09 17.18.pngImagem extraída do artigo citado

 

O que causa problema no mercado é exatamente o que está em laranja. A política do Google prevê que você não tenha o nome Creatina escrito no seu texto do anúncio, nas páginas de destino ou palavras-chave. Página Destino é toda página em que o usuário cai após clicar no seu anúncio, então nessa página não pode haver NADA ligado a Creatina e outros suplementos bloqueados pelo Google, seja escrito no menu do site, rodapé, composição de outros produtos, texto dentro de imagens, nada nada nada. O grande porém é que após essa página, ou seja, uma página que o usuário por vontade própria resolveu entrar e se aprofundar no site, o produto pode existir Smiley muito feliz

 

Se o usuário cair em uma Página de Destino que segue estes critérios, você poderá anunciar normalmente todo e qualquer produto no restante do seu site. e é por isso que muitos enxergam Netshoes como um "favorecido", quando na verdade eles atuam dentro das políticas. 

 

Pode anunciar Creatina? Não, é vetado pelas políticas do Google

Posso ter Creatina no meu site? Sim, desde que o nome Creatina não exista de forma alguma nas Páginas de Destino que você utiliza em suas campanhas

 

Muitas lojas contratam programados ou criam rotinas próprias para identificar que o tráfego veio de campanhas do Adwords, e então remover os nomes proibidos da página, essa é uma das soluções. Outra alternativa que alguns adotaram é criar uma segunda loja somente com o que se pode ter anunciado.

 

Deixo aqui também um link com outros nomes e substâncias não permitidas: https://support.google.com/adwordspolicy/answer/2423645?hl=pt-BR

 

É isso. Espero que ajude.

_

Leandro Martinez | Basta1Click - Consultoria AdWords | Ícone Basta1ClickÍcone FacebookÍcone YouTubeÍcone Linkedin

Recebeu uma resposta que foi útil? Marque-a como solução clicando no botão "Aceitar como Solução" e ajude a nossa comunidade.

Re: Objetivamente, por que a creatina e a carnitina são proibidos no Adwords?

[ Editado ]
Principal Colaborador

@Site F escreveu:


1- Por que a creatina e a carnitina são proibidos no Adwords?


A explicação é simples: A Anvisa determina que creatina é permitida no Brasil em produtos com condições específicas de rotulagem e dose - como a Google não tem como determinar se o produto cumpre estas normas ela decidiu por proibir promoção de qualquer produto que tenha creatina.

 


@Site F escreveu:


2- Por que apesar de não querer anunciar Creatina, ainda sou obrigado a retirar do site estes produtos?


Não! Você não precisa retirar os produtos do site desde que você consiga ter controle de que nenhum produto com creatina esteja em uma URL final da sua campanha AdWords ou feed do Google Shopping - é algo bem difícil, mas possível de implementar.

 


@Site F escreveu:


Dúvidas objetivas requerem respostas objetivas:
3- Por que a política se aplica a minha empresa e não se aplica a outros sites?

 

Já observei problemas no passado no qual dei respostas do tipo "Pois você não está investindo Um milhão de reais por mês  - as políticas do AdWords se aplicam somente aos pobres" - mas não sei como está hoje - poderia indicar um exemplo prático? Que termo pesquisa e qual url de destino?

 


@Site F escreveu:


4- Por que mesmo falando com o suporte sobre isso, continuo sendo reprovado e outros sites continuam vendendo e, ao mesmo tempo, sendo anunciantes do Google (mesmo que não anunciem produtos "proibidos")?


O suporte não tem controle sobre as políticas - é uma outra área, muitos deles nem conhecem as políticas.

 

Insista e tente trabalhar com o suporte ou  Indique seu site e tentaremos ajudar - tome cuidado, não fique reenviando anúncios pois se sua conta for suspensa, já era.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___

"Você não precisa de uma empresa de 100 funcionários para desenvolver aquela ideia" ~Larry Page