1K Usuários online agora
1K Usuários online agora
Bem-vindos à Comunidade Oficial do Google AdWords
star_border

Cuidado com os canais automáticos

Há alguns dias, um vídeo foi publicado no Youtube criticando os preços abusivos dos veículos no Brasil. A crítica se aplica a todas as montadoras, mas a Volkswagen é o grande alvo. Ironicamente, um anúncio da Volks é exibido nesse vídeo, atualmente com mais de 200 mil visualizações.

 

Acredito que as pessoas que assistiram passam a ser um público nada qualificado. Provavelmente elas vão clicar no anúncio para conferir o "roubo" mas sem intenção de adquirir um produto da marca.

 

Fica evidente a importância de conferir constantemente as URLs em que seus anúncios são exibidos para evitar a perda de orçamento e expor a marca negativamente.

Comentários
por Valderes
Agosto 2012

Parabéns pelo artigo Bruno.

 

É o que eu sempre digo: As ferramentas automáticas podem até acelerar alguns processos. Mas nada substitui o filtro "humano".

 

Eu fico "fervendo" quando vejo postagens indicando de forma imatura o uso das ferramentas automáticas (tanto de palavras-chave, canais, lances, etc.).

por Gravity Principal Colaborador
Agosto 2012

No caso da segmentação contextual, que gera os canais automáticos - não tem solução fácil, tem que monitorar a maior parte dos canais mesmo. 

 

Particularmente vídeos do Youtube são difíceis de monitorar, pois a ferramenta do AdWords não permite que saiba qual o título do vídeo, ao menos que você abra o link do vídeo.

 

Mas por outro lado, é impensável deixar de usar a segmentação contextual em uma conta AdWords pois ela permite uma pulverização dos anúncios na rede de maneira muito eficiente, inviável para a segmentação manual de canais. Esta pulverização perminte que seu anúncio seja exibido por um cpc mais baixo do que a seleção manual de canais.

 

Uma solução para segmentação contextual é adicionar tópicos negativos à campanha.

 

Para refletir sobre o impacto na marca, você deve se perguntar se alguém que curte a Gina Indelicada deixou de comprar os famosos palitos Gina no supermercado.

por BrunoWired Antigo Principal Colaborador
Agosto 2012

Realmente, Gravity. Com o tamanho absurdo da web é importantíssimo utilizar a automatização.

 

Acredito q esse vídeo deva ter gerado muitas impressões para os anúncios da Volks, por isso acho q ele provavelmente apareceu nos relatórios.

 

No caso da Gina, acho q foi um buzz muito interessante para a marca. Li em algum lugar q    os responsável legal pela  marca quer processar o usuário por trás da página da Gina. Ele tinha é q agradecer. Em pouco tempo a página conseguiu mais de 1 milhão de curtidas. Poucas marcas conseguem isso.

Tags