934 Usuários online agora
934 Usuários online agora
Bem-vindos à Comunidade Oficial do Google Analytics
Aprenda com artigos escritos por nossos usuários especialistas
star_border

Organizando parâmetros de url e origens de mídia

O Google Analytics (GA) é uma ferramenta bastante poderosa. Para que ela forneça dados mais úteis é importante que origens de tráfego esteja bem organizadas para que você saiba de onde vieram e como melhorá-las.

 

O melhor jeito de entender a importância disso é pegando como exemplo o seu almoço. Imagina que todo dia você encomenda de um restaurante diferente e a entrega é na sua casa. Num desses pedidos você comeu o melhor almoço da sua vida! A carne estava no ponto ideal, o tempero perfeito e veio de brinde um vinho engarrafado, tudo isso pelo mesmo preço dos outros restaurantes de entrega.

 

Esse é o seu próximo almoçoEsse é o seu próximo almoço

Em compensação no dia anterior você pagou o dobro por um macarrão frio e rançoso, que parecia estar duas semanas guardada numa geladeira mal resfriada. Agora este é o problema, você não sabe de qual restaurante veio a comida boa e de qual a ruim.

 

Meu nome é Ford. Henry Ford.Meu nome é Ford. Henry Ford.Henry Ford disse no século passado "que metade da publicidade que faço é inútil. Mas não sei qual é a metade inútil" e as ferramentas de análise vieram para definir qual dessas metades é a melhor e qual a pior. Os parâmetros identificam isso e não usá-los corretamente faz com que sua empresa volte ao pior cenário de 70 anos atrás, mas organizá-los de forma correta fazem com que também possa identificar o filé que tanto procura.

 

É incrivelmente simples definir esses valores. Para tráfego direto, orgânico, Adwords e tráfego de referência não é preciso fazer qualquer mudança (desde que o Adwords esteja vinculado com o GA). Já as demais fontes de tráfego como campanhas de Facebook, ad networks, redes de afiliados, redes de retargeting etc é importante que sejam nomeadas.

 

Os parâmetros de URL são como uma etiqueta, no exemplo da comida entregue em casa seria uma anotação na marmita dizendo "Restaurante Chique - pedido feito pelo site. Carne ao molho madeira e ervas finas, vinho de brinde" e outra com a mensagem "Marmita do Zé - pedido feito pelo telefone. Macarrão feito semana passada com óleo reaproveitado". 

Agora você já sabe em qual nunca mais pedir.

 

São 5 parâmetros principais que você pode gerar pelo Criador de URLs do GA:

Origem (utm_source): é o site de onde o clique vem, a origem do clique que trouxe até o seu site.

Mídia (utm_medium): é a mídia que utilizou - se é CPC, CPA ou qualquer outra mídia.

Campanha (utm_campaign): caso tenha várias campanhas pode fazer uma marcação diferente para cada.

Conteúdo do anúncio (utm_content): algo que identifique qual o conteúdo do anúncio.

Termo (utm_term): algum termo específico que tenha comprado.

 

Suponha que você tenha várias publicações patrocinadas no Facebook separadas em duas campanhas: Genérico e de Interesse. As URLs para cada um delas poderia ser:

seusite.com.br/?utm_source=Facebook&utm_medium=CPC&utm_term=segmentacao-1&utm_content=desconto&utm_campaign=Generico

 

Veja tudo o que esse link informa:

seusite.com.br/ todos os cliques levaram para o seu site.

utm_source=Facebook a origem dos cliques foi o Facebook

utm_medium=CPC o tipo de cobrança foi Custo por Clique

utm_term=segmentacao-1 a segmentação escolhida foi a 1 (digamos que nessa campanha tenham dois tipos de segmentação, dessa forma você sabe qual foi utilizada).

utm_content=desconto o conteúdo da publicação fala sobre desconto.

utm_campaign=Generico a campanha é a Genérica

 

Toda a informação que precisa está aqui, agora todo o potencial do Google Analytics pode ser utilizada na hora de otimizar suas campanhas que venham de fontes de tráfego variadas. Caso você não preencha todos os parâmetros não tem problema, o mais importante é sempre a Origem e Mídia, pois são os dados mais abrangentes que você vai utilizar.

 

Parâmetros bem utilizados fazem com que você identifique qual das partes do seu orçamento é a inútil e qual é o filé que você tanto quer.

"Agora sei onde investir""Agora sei onde investir"

 

Organize-se, aproveite e boas vendas!

Sobre Henrique Giacometti

Formado em Publicidade e Propaganda pelo PUC-PR e em Gerenciamento de Projetos pela FGV, trabalhou na Agência Mirum e Rentcars.com. Atualmente é coordenador de marketing digital no Grupo Uninter.

Comentários
por leandrofm Principal Colaborador
Abril 2016

Muito bom! Obrigado por compartilhar.

por Elisa Gerente da Comunidade
Abril 2016

URL tracking salva a vida! Obrigada pelo artigo maravilhoso! 

por Jane-Audrei Principal Colaborador
Maio 2016

Parabéns pelo artigo Henrique!

 

Bem didático.

 

Vou só acrescentar que, para os novos de Adwords, não é necessário utilizar os parâmetros de url para campanhas no Google Adwords, pois a plataforma vem com uma opção de acompanhamento das origens de tráfego automática.

 

 

 

 

 

 

 

 

por Thiago B
Junho 2016

Muito bom o artigo, para o pessoal inciante ficou bem didático. 

por João Paulo S
Outubro

Olá, vou criar um botão em outro site para direcionar para o meu. Onde insiro o (utm_source) para que no meu analytics eu identifique que o visitante veio desse site?