Bate-papo e Feedback
481 Usuários online agora
481 Usuários online agora
Perguntas, ideias e feedback para a Comunidade: um espaço para assuntos não relacionados diretamente a AdWords, Analytics ou Google Meu Negócio. Para perguntas sobre produto, usar as comunidades
Guie-me
star_border
Responder

[Especial SEO] Entrevistas com Fábio Ricotta, Rafael Rez Oliveira, Rubens L. e Alex Pelati

[ Editado ]
Mestre ✭ ✭ ✭

Olá, pessoal!

 

Abrindo nossa série de entrevistas com profissionais de SEO, tenho o prazer de apresentar para vocês Fábio Ricotta, da Agência Mestre. Fábio trabalha com otimização de sites desde 2005 e frequentemente apresenta palestras sobre SEO, sendo um reconhecido especialista no assunto.

 

Abaixo, algumas perguntas que ele respondeu, para começarmos a discussão. O Fábio estará por aqui para responder outras dúvidas, então podem colocar mais perguntas aqui neste tópico.

 

Para pessoas que cuidam de seu próprio website e que não possuem conhecimentos técnicos específicos, quais as melhores dicas de SEO?

 

A primeira dica que eu sempre falo é: o seu site responde o que o seu público alvo procura? Por exemplo, não adianta falar de “flores para condolência” quando na verdade o público procura “coroa de flores”. Outro exemplo simples é o caso de buscas por objetos que em cada local do país utiliza-se de outra forma, tal como o termo “mandioca”, que em algumas regiões do Brasil conhece-se por “aipim” ou “macaxeira”.

 

O passo simples para fazer este entendimento é utilizar o Planejador de Palavras-chave do próprio Google. Nele você pode entrar com os termos que você conhece no seu segmento e ele sugere diversas variações, exibindo ainda o volume de buscas para cada termo.

 

Qual conselho você daria para um empreendedor que está montando o site da empresa agora, para que ele comece com o pé direito?


Acho fundamental ele procurar uma empresa que desenvolva o seu site já pensando em boas práticas de SEO. Por exemplo, se ele irá criar uma loja virtual, é fundamental que ele busque plataformas conhecidas no mercado e que já possuam exemplos de outras empresas bem sucedidas nos resultados orgânicos.

 

Outro exemplo fácil é se apoiar em uma plataforma como o Wordpress, que já é consolidado no mercado e tem uma boa aceitação por parte do Google.

 

Por fim, vale conferir o guia oficial do Google para otimização de sites. Nele o empreendedor poderá entender o que é SEO de um modo superficial para lhe ajudar nas tomadas de decisões iniciais.

 

 

Poderia comentar as diferentes relevâncias que o Google dá para cada tipo de sites, como e-commerce, blogs e sites institucionais?

 

Em verdade não existe privilégio entre os tipos de sites e suas plataformas, o que existe é uma análise do que o usuário está buscando para exibir os sites que correspondem aquela intenção.

 

Mas com a minha experiência, vemos que as plataformas de blog, como o Wordpress por exemplo, tem uma indexação muito boa junto ao Google por conta da forma com que as suas páginas são conectadas (links).

 

Já em sites de e-commerce (lojas virtuais) vemos diversas plataformas no mercado que sequer pensam na forma com que o Google irá ler todos os seus produtos e categorias. Desta forma, você pode investir milhares de reais em uma plataforma super tecnológica e ela não terá um bom desempenho nos resultados orgânicos.

 

O fundamental é sempre olhar o que já existe utilizando aquela plataforma que você deseja. Se existirem sites bem posicionados utilizando aquela plataforma, ela será uma boa escolha.

 

 

Quais são as métricas importantes pra SEO? Monitorar posicionamento na página de resultados de busca por keyword ainda é um KPI ou tem coisas mais interessantes pra acompanhar e mostrar resultados?


Nos meus anos de experiência no mercado, tenho visto que os clientes pensam muito no posicionamento. Acaba por ser uma obsessão estar bem posicionando ao invés de pensar se a sua empresa está faturando mais através das buscas orgânicas.

 

Os principais KPIs que olhamos para clientes nos dias de hoje são:

  1. Quantas conversões conseguimos através de buscas orgânicas?
  2. Quantas páginas diferentes trazem tráfego para o meu site através de buscas orgânicas?
  3. Minhas páginas possuem o conteúdo que as pessoas estão utilizando para encontra-lo?
  4. Quantas visitas e/ou conversões eu cresci referente ao ano passado através de buscas orgânicas?
  5. Quantas palavras diferentes trouxeram tráfego para o meu site através de buscas orgânicas?

O interessante aqui é todos estes relatórios podem ser extraídos utilizando o Google Analytics, a ferramenta base para os profissionais de SEO mensurarem seus trabalhos.

 


Quais são suas impressões sobre a última atualização do Penguin?

Eu entendo que esta atualização ajudou muito o mercado de SEO evoluir. Quem trabalhava com estratégias antigas de manipulação de links foi atacado diretamente e teve que repensar a forma com que eles fazem SEO.

 

Na minha agência, nos preocupamos há mais de 1 ano, quando a primeira versão do algoritmo foi lançado nos EUA, em não cometer erros que possa prejudicar a visibilidade do nosso cliente.

 

O importante aqui é entender que o que o Google deseja é que as pessoas falem naturalmente do seu trabalho e não você mesmo elogiar o seu trabalho em diversos locais. Por isto, pense sempre se o seu site fornece conteúdo/serviços que as pessoas realmente desejam e se esta informação é interessante. Eu costumo mencionar a regra da mãe que é a seguinte: “se sua mãe ler e gostar do seu website, com certeza o Google irá gostar. Se nem a sua mãe gostar, é melhor repensar o que você está fazendo.”.

 

 

Se eu incluir o ID da página de números dentro da url amigável exemplo "12567" em: "www.minhaloja.com.br/12567-meu-produto-x.html ", isso ajuda no ranking?


Incluir números na sua URL não irá contribuir no seu posicionamento ou visibilidade. O que pode lhe ajudar é a menção dos termos como “meu produto” onde este texto é o nome do produto. Isto sim é algo que chamamos de URL amigável e pode contribuir no seu posicionamento.

 

Por exemplo, uma loja com URL de produto da seguinte forma:

www.minhaloja.com.br/produto.aspx?id=12567

 

Não terá o mesmo benefício do que uma loja com a URL de produto da seguinte forma:

www.minhaloja.com.br/12567-meu-produto-x.html

 

O raciocínio que menciono em meus cursos é o seguinte: “Em qual das versões propostas acima você consegue entender sobre o que se trata a página sem ao menos acessá-la?”. É obvio que a segunda opção é a mais intuitiva e é desta forma o Google também vê a situação.

 

 

Texto identado no HTML faz diferença no SEO? E comentários? Excesso de comentários pode prejudicar?

 

Ter um texto em negrito ou itálico não irá lhe posicionar melhor. Este é um conceito muito antigo que no início da era do SEO funcionava. Nos dias de hoje isto pouco importa.

 

Com relação aos comentários ou reviews de pessoas em páginas de produtos eu gosto bastante, pois estas pessoas estão aumentando o conteúdo da página, incluindo as suas visões e termos novos.

 

Por fim, a mensagem que fica é que deixar o público incrementar o seu conteúdo é sempre positivo, mas você deve tomar cuidado com pessoas maliciosas que tentam burlar estes sistemas de comentários criando links para sites que possuem malware ou vírus. Sendo assim, sempre faça a moderação destes comentários.

___
Circule-me no Google+
AdWords nas redes sociais: Google+ | Facebook | Twitter
Especialistas responderamverified_user

Legal, acho o trabalho do Ricotta muito bom.

Principal Colaborador

Legal, acho o trabalho do Ricotta muito bom.

Henrique Giacometti, Principal Colaborador | Adwords e Analytics
Minha resposta foi útil? Se sim, marque como "melhor resposta".| Linkedin

ótimo entrevista, parabéns, concordo com o Henrique o tra...

Principal Colaborador

ótimo entrevista, parabéns, concordo com o Henrique o trabalho do Ricotta é mto bom e é uma ótima referencia de SEO

Obrigado

Calouro ✭

Agradeço mesmo a oportunidade de falar sobre SEO com vocês!

 

Um abraço!

Excelentes tópicos! Obrigado pelas respostas Fábio, Abrs!

Mestre ✭
Excelentes tópicos!

Obrigado pelas respostas Fábio,

Abrs!
_ _ _ _ _
Att Ricardo Fernandes


Entrevista com Rafael Rez Oliveira

[ Editado ]
Mestre ✭ ✭ ✭

Pessoal,

 

na segunda parte do nosso Especial sobre SEO, segue a entrevista com Rafael Rez Oliveira. Rafael é diretor geral da Web Estratégica e palestrante nas áreas de marketing digital, otimização de sites e comunicação digital.

 

Qual conselho você daria para um empreendedor que está montando o site da empresa agora, para que ele comece com o pé direito?
 
Eu começaria pesquisando sobre as necessidades dos clientes. Quais dúvidas eles tem, qual o contexto de uso do Produto ou Serviço e em que ocasiões recorreriam ao Google para pesquisar sobre características do meu Produto ou Serviço. A melhor forma de atingir os clientes é entender as necessidades deles e fazer um site que resolva problemas, que mostre Cases de soluções implantadas ao invés de somente falar sobre a empresa. Contar histórias de outros clientes é sempre uma forma de humanizar a empresa e colocar em contexto aquilo que ela faz, além de ser bem mais interessante que listas de benefícios e características de produtos.
 
 
Qual a melhor forma de estruturar o site nos seguintes casos: loja de varejo, prestador de serviço, geração de lead?
 
A estrutura básica de Home / Categorias (ou Departamentos) / SubCategorias (ou SubDepartamentos) / Produtos funciona muito bem no varejo. É a estrutura clássica da maioria dos e-commerces e catálogos de produtos. A cuidado neste caso é usar muito bem a rel=canonical quando um mesmo produto aparecer em mais de uma Categoria ou Departamento, para evitar duplicação de conteúdo e competição interna entre páginas do site.
 
Para um site de um prestador de serviço, a estrutura Home / Serviços / Detalhes de Cada Serviço + Contato em geral funciona bem. Se for uma empresa muito grande, terá de subdividir a segunda hierarquia para evitar ter muitos links a partir de uma única página e com isso confundir o usuário.
 
No caso de geração de leads eu recomendo usar Landing Pages. Neste caso o objetivo é não distrair o usuário e coletar as informações de interesse da empresa, de forma que uma página com poucos ou nenhum caminho de saída pode ser o melhor a fazer. Por outro lado, não dar nenhum alternativa de saída para o usuário pode ser agressivo demais, cabe avaliar caso a caso.
 
 
Quais são as últimas tendências em SEO?

Conteúdo em vídeo, conteúdo integrado às Mídias Sociais e ferramentas para compartilhar o conteúdo do site. Quando mais ferramentas de feedback o usuário tiver, melhor.
 
O Google tenta entender como os usuários interagem com um determinado site e usa estas métricas para promover este site nos resultados de busca. Quanto mais sinais de feedback o site puder oferecer, melhor. Desta forma os próprios usuários compartilham o conteúdo e geram mais visitas para o site. O novo SEO é ser realmente relevante, gerar conteúdo com qualidade e volume suficientes para merecer ter bons rankings no Google.
 
 

Como funcionam os sinais sociais para o Google? Vale a pena estimular Likes e Tweets?

 

Os Likes e Tweets possuem um efeito efêmero, que é bastante perceptível logo no início e depois perde valor quanto mais o tempo passa. Desta forma, um site que ganhe muita visibilidade em Redes Sociais tende a ser privilegiado nos resultados de busca num primeiro momento, mas se não receber links tradicionais este efeito perde força rapidamente, em questão de dias.

 

Isto é mais perceptível ou menos perceptível conforme o segmento e a concorrência do site. Vale a pena estimular Likes e Tweets para criar engajamento, percepção da marca e atingir novos potenciais clientes, mas isoladamente eles não geram um efeito de longo prazo em termos de SEO. Certamente um site com muitos Fãs e Seguidores ganhará mais links do que sites com menor interação social, e portanto menores Sinais Sociais. Recomendo ver o vídeo que gravei sobre este assunto: http://www.youtube.com/watch?v=t5GlrpBcf1Q

 
 

Se eu inserir um comentário, ou criar um tópico em um fórum de PR5 ou maior, e nele inserir o caminho do meu site/Sitemap.xml, isso pode agilizar o processo de atualização do sitemap?

 

Eu não iria por este caminho. Inserir links externos para um sitemap.xml não aumenta a relevância do sitemap. O sitemao deve estar linkado a partir do robots.txt, de forma que o Google consiga encontrá-lo facilmente, e pode ser informado através do Painel de Webmaster também (https://www.google.com/webmasters/tools/), que é a forma correta de submeter esta informação ao Google.
 
Os links vão aumentar a relevância do site, e se ele for atualizado sempre, o Googlebot tende a rastreá-lo com maior frequência, mas não acredito que links para o sitemap aumentem a relevância ou a taxa de rastreamento. Acredito que isso seja 99% improvável. O que vai agilizar o processo de rastreamento é atualizar sempre o site.
 
Você também pode dar um ping no Google toda vez que atualizar o site: http://www.google.com/webmasters/sitemaps/ping?sitemap=http://www.seusite.com.br/sitemap.xml
 

Meta tags com keywords é uma ação não rastreada pelos buscadores correto?

 

Desde 2009 o Google confirma oficialmente que não usa as meta keywords para efeitos de indexação de sites:http://googlewebmastercentral.blogspot.com.br/2009/09/google-does-not-use-keywords-meta-tag.html

 

___
Circule-me no Google+
AdWords nas redes sociais: Google+ | Facebook | Twitter

Coloco aqui também algumas perguntas recebidas em outros...

Mestre ✭ ✭ ✭

Coloco aqui também algumas perguntas recebidas em outros tópicos:

 

 

É importante ter muitos backlinks para ter um bom rank no Google?

 


Como otimizar sites feitos em plataformas como o Wix? Há alguma recomendação específica?

 

 

O que não fazer ao otimizar um site? Quais são os maus exemplos de técnicas de SEO?

 

 

E quais são os mitos, aquelas técnicas que o "especialista" disse que dariam certo mas que acabaram garantindo uma punição?

 

 

Repetir palavras no site ajuda a ter um bom rank: verdade ou mentira?

___
Circule-me no Google+
AdWords nas redes sociais: Google+ | Facebook | Twitter

Seguindo a tendência do "mito ou verdade". Há um tempo at...

Aprendiz ✭ ✭ ✭

Seguindo a tendência do "mito ou verdade". Há um tempo atrás dizia-se que a taxa de rejeição influenciava no ranqueamento. Isto é verdade? Se for até que ponto influencia? Qual o grau de influência?

 

Num exemplo hipotético, se em uma página de entrada do resultado de uma busca orgânica eu tiver um form processado via javascript, que não "chama" outra página. Se eu configurar o botão submit para acionar uma evento do Google analytics, isso ajudaria na diminuição da taxa de rejeição?

 

Deixo aqui minha segunda leva de perguntas... => - Já tin...

[ Editado ]
Mestre ✭

Deixo aqui minha segunda leva de perguntas...

=>

- Já tinha ouvido falar sobre meta keywords. Inclusive já ví alguns sites que não utilizam mais esta linha... Ela realmente é inútil? Hoje costumo trabalhar muito com Wordpress e ele traz diversos plugins que "promovem" SEO e o objetivo do plugin é sempre preencher um título, descrição e keyword de acordo com a página ou post. Como fica isso?

- Quando você diz que um vídeo aumenta o valor SEO, é simples como inserir um embed do youtube com minha apresentação na Home do site? Ou o meu vídeo do youtube deve ter meu link. Qual a forma certa de trabalhar com isso?

- Se pudermos enumerar a importância de Tags Html, como seria a sequência? Ex: Title/Description/H1/Alt em Links/Title em Imagens

- E considerando as 3 melhores técnicas p/ Seo? Quais os principais passos? Validação W3C, Sitemap...

- Algumas tags como <meta name="dcterms.title" content="Bla bla bla">, <meta name="geo.position" content="-23.548366;-46.638968">, <meta property="og:title" content="Bla bla bla"> também influenciam? De que forma?

 

- Realmente existe um limite para a tag descrição? Não o limite de caracteres que aparece na orgânica, mas um limite para que o robô pense que estou agindo de má fé e pontue negativamente meu site?

 

 Esta tag funciona como Keywords, já que é separado por vírgula: <meta name="classification" content="XXX" /> ?

 

Ufa, acabou! rsrsrsrsrs
Obrigado Smiley feliz

_ _ _ _ _
Att Ricardo Fernandes


muito bom! tenho Fábio como referência em SEO. Suas publi...

Estudante ✭ ✭

muito bom! tenho Fábio como referência em SEO. Suas publicações são excelentes para quem quer se atualizar!