AdWords
204 Usuários online agora
204 Usuários online agora
Otimização de ROI, CTR, índice de Qualidade, segmentação, página de destino.
Guie-me
star_border
Responder

Melhora do CTR

Estudante ✭ ✭ ✭

Olá pessoal!

Quero escrever esta mensagem somente para compartilhar algo que parece comum para quem trabalha com AdWords há algum tempo, mas que talvez seja interessante para os que estão dando os primeiros passos na utilização da ferramenta.

 

Semana passada comecei uma nova campanha com foco em treinamentos e soluções para empresas. Coloquei meu orçamento e montei a campanha somente para a rede de pesquisa e como esse serviço é totalmente online, segmentei os anúncios para todo o Brasil. Porém, depois de alguns dias vi que o CTR não estava muito legal e que as conversões eram baixíssimas. Com isso fiz uma pesquisa mais a fundo no Google Trends (ferramenta que indico muito para trabalhar em complemento com o AdWords, http://www.google.com.br/trends/) e percebi que somente alguns estados possuíam um número bom de pesquisa sobre os serviços que estava anunciando. Assim, fiz uma grande mudança, segmentando apenas para 3 estados. Ao contrário do que podia parecer, o CTR pulou de 2,71% para 6,89% e as conversões em vendas aumentaram em 120%. Ou seja, o que podia parecer que me traria menos retorno, funcionou totalmente ao contrário.

 

Talvez quem esteja criando uma campanha mais ou menos como a minha anunciando em lugares onde pouco se procura seu produto ou serviço, poderia segmentar apenas para quem realmente está a procura do que você tem a oferecer. O menos pode significar mais. =D

 

Abraços!

"Não tentas ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor" - Albert Einstein

Interessante...   obrigado pela dica

Calouro ✭

Interessante...

 

obrigado pela dica


Anderson N escreveu:

Olá pessoal!

Quero escrever esta mensagem somente para compartilhar algo que parece comum para quem trabalha com AdWords há algum tempo, mas que talvez seja interessante para os que estão dando os primeiros passos na utilização da ferramenta.

 

Semana passada comecei uma nova campanha com foco em treinamentos e soluções para empresas. Coloquei meu orçamento e montei a campanha somente para a rede de pesquisa e como esse serviço é totalmente online, segmentei os anúncios para todo o Brasil. Porém, depois de alguns dias vi que o CTR não estava muito legal e que as conversões eram baixíssimas. Com isso fiz uma pesquisa mais a fundo no Google Trends (ferramenta que indico muito para trabalhar em complemento com o AdWords, http://www.google.com.br/trends/) e percebi que somente alguns estados possuíam um número bom de pesquisa sobre os serviços que estava anunciando. Assim, fiz uma grande mudança, segmentando apenas para 3 estados. Ao contrário do que podia parecer, o CTR pulou de 2,71% para 6,89% e as conversões em vendas aumentaram em 120%. Ou seja, o que podia parecer que me traria menos retorno, funcionou totalmente ao contrário.

 

Talvez quem esteja criando uma campanha mais ou menos como a minha anunciando em lugares onde pouco se procura seu produto ou serviço, poderia segmentar apenas para quem realmente está a procura do que você tem a oferecer. O menos pode significar mais. =D

 

Abraços!


 

Olá, Anderson N!   Na verdade, você só descobriu que o "'...

Estudante ✭ ✭ ✭

Olá, Anderson N!

 

Na verdade, você só descobriu que o "'menos pode significar mais" quando você explorou tanto o Adwords quanto o Trends. A campanha voltada pra conversões (CPA) deve sempre começar em um número maior e depois ir diminuindo e otimizando.

 

O Adwords tem um otimizador automático que funciona após você ter o mínimo de 15 conversões nos últimos 30 dias. 

 

https://support.google.com/adwords/answer/2471188?hl=pt-BR

 

 

Abs,

Obrigado Rodrigo, vou dar uma estudada nessa ferramenta e...

Estudante ✭ ✭ ✭
Obrigado Rodrigo, vou dar uma estudada nessa ferramenta e se possível utilizarei.
"Não tentas ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor" - Albert Einstein

Gostei muito da dica! Vou ficar de olho!

Aprendiz ✭ ✭ ✭
Gostei muito da dica! Vou ficar de olho!
Cecilia Dantas
+CeciliaDantas | Site | LinkedIn | Twitter