AdWords
390 Usuários online agora
390 Usuários online agora
Otimização de ROI, CTR, índice de Qualidade, segmentação, página de destino.
Guie-me
star_border
Responder

Nome da empresa como palavra chave

Calouro ✭ ✭

Boa tarde, pessoal!

 

Sempre me pergunto se é recomendado ou não colocar o nome da minha empresa como palavra chave para meus anúncios. Estou gastando bastante do meu orçamento com cliques que vem dessa palavra chave que seriam cliques "garantidos" mesmo sem um anúncio, pois minha empresa já é a primeira na busca orgânica.

 

Queria saber o que se recomenda nessa situação, pois estou precisando conter os gastos e na minha percepção isso é um gasto desnecessário.

 

Obrigado,

Abraços!

Especialistas responderamverified_user
1 SOLUÇÃO ACEITA

Soluções aceitas
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico Pedro Camargo A
Setembro 2016

Re: Nome da empresa como palavra chave

Principal Colaborador
Pedro

É melhor comprar a palavra da sua própria empresa para garantir a posição inicial, porém, se é preciso conter gastos, deixar de exibir buscas por marcas é bastante coerente e você não está errado em fazê-lo.

Outras formas de controlar gastos são:
- Anunciar apenas em alguns dias e horários específicos (os que mais gerem conversão)
- Segmentar por regiões menores
- Pausar palavras e anúncios com retorno baixo
- Criar listas de remarketing para pessoas dentro da etapa de funil e dar lances maiores para quem está próximo de completar uma compra (no caso de ecommerce)
- Utilizar apenas palavras em correndência [exata]
- Segmentar de forma extremamente relevante

Esses itens já ajudam bastante
Henrique Giacometti, Principal Colaborador | Adwords e Analytics
Minha resposta foi útil? Se sim, marque como "melhor resposta".| Linkedin

Exibir solução no post original

Re: Nome da empresa como palavra chave

Aprendiz ✭ ✭
Boa Tarde Xará.

Execelente pergunta, bom a minha forma de criar estrategia é sempre assim: Esse cliente vende em outros sites também? Ou seja temos produtos como por exemplo em sites como Dafiti, Netshoes etc....?

Caso tenho, então será preciso pois eu mesmo estarei concorrendo comigo, mas claro apenas os próprios produtos.
Mas ai tem outras vertentes. Tem clientes que querem anúncios com o nome da empresa, ai é bom você ver com o seu cliente sobre isso também.
Todos clientes que tenho "grandes" eu sempre coloco pois sabe como eles são ne?!

Além de ter anúncios para o seu cliente, ele fica mais personalizado mais promocional, então gosto sempre de usar, a não ser que seja um cliente com verba limitada.

Bom minha opinião se tiver mais alguma dúvida é só falar. Smiley feliz
Espero ter ajudado;
Minha resposta foi útil? Se sim, marque como "melhor resposta". Saiba como aqui.
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico Pedro Camargo A
Setembro 2016

Re: Nome da empresa como palavra chave

Principal Colaborador
Pedro

É melhor comprar a palavra da sua própria empresa para garantir a posição inicial, porém, se é preciso conter gastos, deixar de exibir buscas por marcas é bastante coerente e você não está errado em fazê-lo.

Outras formas de controlar gastos são:
- Anunciar apenas em alguns dias e horários específicos (os que mais gerem conversão)
- Segmentar por regiões menores
- Pausar palavras e anúncios com retorno baixo
- Criar listas de remarketing para pessoas dentro da etapa de funil e dar lances maiores para quem está próximo de completar uma compra (no caso de ecommerce)
- Utilizar apenas palavras em correndência [exata]
- Segmentar de forma extremamente relevante

Esses itens já ajudam bastante
Henrique Giacometti, Principal Colaborador | Adwords e Analytics
Minha resposta foi útil? Se sim, marque como "melhor resposta".| Linkedin

Re: Nome da empresa como palavra chave

Calouro ✭ ✭
Obrigado, Henrique! Ajudou bastante. Abraço.

Re: Nome da empresa como palavra chave

Calouro ✭ ✭
Valeu, Xará! Abraço.

Re: Nome da empresa como palavra chave

Estudante ✭ ✭ ✭
Pedro ,

Eu geralmente compro a palavra chave da minha empresa, como geralmente o nome esta no domínio teremos indice de qualidade 10 na palavra chave, e como todos sabemos que eh um leilão eu geralmente pago deixo lance bem caro , pois assim os concorrentes que tentarem comprar dificilmente ficaram a frente e como o índice da palavra chave na conta dele vai ser menor que o meu isto vai elevar bastante o que ele vai pagar pelo clique quando eventualmente vencer o leilão.

Re: Nome da empresa como palavra chave

[ Editado ]
Principal Colaborador

Oi Pedro, tudo bem?

 

Gosto bastante desse tema e assim como os colegas vou deixar a minha opinião, que pode ser um pouco diferente.

 

Pensando com uma cabeça de comunicação e marketing, pra mim, comprar o próprio nome nas campanhas de Adwords é algo que todo anunciante deveria fazer sempre, independente da situação. É algo que levo como obrigatoriedade para todas as contas, eis abaixo os motivos.

 

Conquistar um conhecimento e lembrança de marca é uma das etapas mais difíceis na comunicação de uma empresa quando se analisa o funil de comportamento e compra de um usuário: 1. Consciência > 2. Consideração > 3. Decisão

 

1. Consiência

Usuário cria necessidade/desejo por algo, sem qualquer tipo de definição, ativando um comportamento de pesquisa e comparação

 

2. Consideração

Usuário cria uma afinidade na fase de pesquisa e começa a considerar algumas das opções descobertas

 

3. Decisão

Usuário decide exatamente qual é o produto que ele deseja, de qual marca e qual modelo

 

Com isso, o usuário que está na etapa 1 precisa ter impacto da sua marca para entrar na etapa de consideração. Posteriormente, avaliando os benefícios da sua marca, é o que fará ele decidir entre você e o concorrente. Agora, pensando nisso, se o usuário já está procurando pela sua marca, você já fez o trabalho mais difícil. Penso que se o usuário já está procurando por você e você não está lá, você está dando margem para a concorrência e também em certa parte, dificultando o acesso ao usuário se comunicar com você.

 

Existe um estudo do Google (material interno, sem link na internet) que mostra que dependendo do segmento e da força da sua marca, cerca de 53% a 96% das conversões da sua conta do Adwords serão de termos que possuem nome da sua marca junto, ou seja, quando você não compra o próprio nome, você está potencialmente deixando de ter 53%~96% de resultado.

@Pedro Camargo A escreveu:

Estou gastando bastante do meu orçamento com cliques que vem dessa palavra chave que seriam cliques "garantidos" mesmo sem um anúncio, pois minha empresa já é a primeira na busca orgânica.

 


Pedro, nunca é demais investir dinheiro na própria marca. Você pode gastar dinheiro em testes, com novos produtos, mas quando o dinheiro é aplicado na própria marca, sempre será um investimento e não um gasto.

 

O Google tem um outro estudo sobre a relação entre cliques pagos e orgânicos que prova que quando você não tem o anúncio ali nas primeiras posições, os cliques que você receberia nele não migram para o resultado orgânico, ou seja, você perde esses cliques. E isso é muito importante, pois é exatamente isso que acontecerá com a sua marca se você não estiver presente, mesmo sendo o primeiro resultado orgânico (o que é normal quando buscamos pelo nome da marca). Você encontra o estudo e mais informações dele, aqui: 

page0001

 

Com essas informações te convido a pensar como consumidor nesse momento. Provavelmente você já viu casos, seja com você mesmo ou com amigos/familiares, que possuem um grande desejo em certas marcas de roupa. Já sabemos pelo industria que muitas das marcas de roupa utilizam o mesmo material, compram do mesmo lugar, e única coisa que diferencia o produto é o símbolo da marca ali perto do **bleep**. Se o produto é o mesmo, porque a camisa custa R$ 600,00 reais com uma marca e R$ 120,00 na outra? Exatamente pelo poder que a marca possui e o desejo que ela desperta.

 

Um exemplo muito claro disso e que acontece muito nos Estados Unidos é o mercado de café, e essa imagem fala por mim:

cafe.png

Existem locais que entregam o mesmo café que o Starbucks, mas o simples fato de ser pelo Starbucks agrega o valor da marca e causa aumento brutal no preço.

 

Considerações Finais

 

 

Reforço novamente que dinheiro aplicado na sua marca é investimento, e não custo. Se um usuário já está procurando por você, esteja presente naquele momento, pegue ele pela mão e mostre o caminho para o que ele deseja, pois se você não fizer, alguém fará por você (concorrente).

@Pedro Camargo A escreveu:

 

Queria saber o que se recomenda nessa situação, pois estou precisando conter os gastos e na minha percepção isso é um gasto desnecessário.

 


Aqui recomendo que você faça a otimização em cima da sua campanha, como negativação de palavras, correspondência, adequação do anúncio e demais, mas nunca o corte dela.

 

Por exemplo, para aquelas pessoas que procuram por "telefone da marca X", você pode negativar a palavra "telefone" para garantir que não será um clique desperdiçado, assim como outras palavras: endereço, contato, suporte, etc

 

Se você deseja cortar gastos, com certeza (sempre tem) espaço para melhorar em outras campanhas, mas não corte a campanha institucional.

 

A divulgação da própria marca é um dos pilares de QUALQUER ação de Publicidade e Marketing, tanto que é uma das primeiras coisas que você aprende na faculdade. Todo publicitário entende a importância de divulgar e investir na própria marca, é por isso que você vê propagandas da Coca-Cola por exemplo que não vendem o refrigerante em si, mas sim um estilo de vida. O mesmo para outras marcas como Nike, Adidas, Ralph Lauren e assim por diante.

 

O grande problema é que muitos acham que precisam de rios de dinheiro para trabalhar a marca como essas empresas, quando não é verdade, vide todo esse estudo de campanhas institucionais no Google que acabamos de ver Piscadela do Smiley

 

Bom, fica ai a minha opinião sobre o assunto.

 

Espero que ajude.

 

Abraços,

_

Leandro Martinez | Basta1Click - Consultoria AdWords | Ícone Basta1ClickÍcone FacebookÍcone YouTubeÍcone Linkedin

Recebeu uma resposta que foi útil? Marque-a como solução clicando no botão "Aceitar como Solução" e ajude a nossa comunidade.

Re: Nome da empresa como palavra chave

Aprendiz ✭ ✭


 

O Google tem um outro estudo sobre a relação entre cliques pagos e orgânicos que prova que quando você não tem o anúncio ali nas primeiras posições, os cliques que você receberia nele não migram para o resultado orgânico, ou seja, você perde esses cliques.

 

 


Boa Tarde @leandrofm excelente explicação,

fiquei em dúvida nesse levantamento aqui, o que você diz com os cliques que não migram para o resultado orgânico? e como assim perde os cliques?

 

Agradeço desde já. Smiley feliz

Espero ter ajudado;
Minha resposta foi útil? Se sim, marque como "melhor resposta". Saiba como aqui.

Re: Nome da empresa como palavra chave

Principal Colaborador

@Pedro H Esse estudo é sobre o incremento de cliques que o anunciante tem quando aparece com anúncios junto do orgânico.

 

Ele mostra que quando o anunciante trabalha as duas frentes, paga e orgânica, e ambos aparecem juntos no resultado, os cliques nos anúncios são incrementais aos orgânicos, ou seja, quando o anunciante deixa de fazer ou não aparece com os anúncios junto do orgânico, os cliques que ele teria no anúncio não migram para o resultado orgânico, eles se perdem, o anunciante não recebe aqueles cliques só pelo fato de ser o primeiro do orgânico.

 

Veja que quando o anunciante aparece em primeiro lugar em ambos, há um incremento de 50% de cliques pelos anúncios. Se o anúncio não estivesse ali, o anunciante teria 50% menos cliques, umas vez que as pessoas que clicariam nos anúncios, não vão clicar no resultado orgânico. A coisa fica ainda pior para quem está em posições mais baixas, chegando a 96% de cliques incrementais que se perdem. É uma diferença brutal. 

 

O estudo serve exatamente para quebrar o paradigma de que não se deve anunciar no Adwords quando já está posicionado no orgânico. Isso ainda que esse estudo não está completo. O Google costumava colocar alguns anos atrás também porcentagens sobre o aumento de reconhecimento de marca, incremento em CTR% e potencial adicional em conversões quando os dois resultados apareciam juntos.

_

Leandro Martinez | Basta1Click - Consultoria AdWords | Ícone Basta1ClickÍcone FacebookÍcone YouTubeÍcone Linkedin

Recebeu uma resposta que foi útil? Marque-a como solução clicando no botão "Aceitar como Solução" e ajude a nossa comunidade.

Re: Nome da empresa como palavra chave

Principal Colaborador

 

 


@Pedro H escreveu:
Boa Tarde Xará.

Execelente pergunta, bom a minha forma de criar estrategia é sempre assim: Esse cliente vende em outros sites também? Ou seja temos produtos como por exemplo em sites como Dafiti, Netshoes etc....?

Caso tenho, então será preciso pois eu mesmo estarei concorrendo comigo, mas claro apenas os próprios produtos.


@Pedro H,

 

Como assim?  Em que situação alguém iria querer concorrer com a venda do próprio produto em um distribuidor a ponto de fazer uma disputa deste tipo? 

 

 

 

 

 

 

___

"Você não precisa de uma empresa de 100 funcionários para desenvolver aquela ideia" ~Larry Page