AdWords
1K Usuários online agora
1K Usuários online agora
Otimização de ROI, CTR, índice de Qualidade, segmentação, página de destino.
Guie-me
star_border
Responder

Pense no cliente first e no dispositivo after.

[ Editado ]
Estudante ✭ ✭

Recentemente, fui a um fórum de marketing digital e assisti os palestrantes falando da importância do "Think Mobile First", ou seja, antes de iniciarmos uma campanha, devemos focar nossos esforços primeiramente no mobile. Quando vemos que o IBGE e o Pnad (Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios) afirmarem que o smartphone passa PC e vira aparelho nº 1 para acessar internet no Brasil, ficamos mais propensos a acreditar nisso. 

Esses números são válidos, no entanto, precisamos ver se isso de fato acontece com nossos clientes. Ao segmentar o tipo de dispositivo na campanha para um dos meus clientes, nas extensões de anúncio, vi que para o cenário é exatamente o contrário. O número de usuários que clicou nos anúncios em desktop é 8 vezes maior do que celulares. Vejam:

imagem adwords.PNG

 


Entendo que é melhor pensar no cliente first, no cliente do cliente second e third a gente pensa em dispositivo.

 

 

Especialistas responderamverified_user

Pense no cliente first e no dispositivo after.

Principal Colaborador

Acredito que dependa muito no segmento que trabalha. Na média de todos os clientes que atendo 35% está com a cesso por celular.

 

Já para o segmento de educação 60% já acessa por celular, maior do que qualquer média de mercado que já vi. É bem possível que hajam outros segmentos que sejam também o oposto.

 

Também pode ser que as extensões de anúncio apareçam mais no desktop que no celular (se o site não for focado para celular acredito que o Google restrinja a exibição das extensões). Também é uma hipótese para este caso específico.

Henrique Giacometti, Principal Colaborador | Adwords e Analytics
Minha resposta foi útil? Se sim, marque como "melhor resposta".| Linkedin