AdWords
1.4K Usuários online agora
1.4K Usuários online agora
Otimização de ROI, CTR, índice de Qualidade, segmentação, página de destino.
Guie-me
star_border
Responder

Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

[ Editado ]
Funcionário do Google

Fala, Galera.

 

Queria dividir um pouquinho com vocês algumas ideias sobre a promoção no mercado de bebidas e alimentos e como podemos usar o AdWords nessa missão. Queria também saber um pouco o que vocês fazem ou sugerem fazer para se destacar nesse setor.

 

Pouco tempo atrás, em uma aula de marketing na faculdade, um dos meus professores dizia que a promoção do mercado de bebidas era um desafio para o marqueteiro. O exemplo que ele utilizou pra ilustrar essa situação foi o mercado de cervejas e a conclusão foi que, pelo fato de a diferença percebida entre os produtos ser baixa, a venda teria que ser feita ancorada em atributos subjetivos.

 

Queria saber aqui se alguém tem alguma ideia para diferenciar esse tipo de produto (alimentos e bebidas). Não só para o empresário que produz a bebida ou o alimento, mas pra todo tipo de negócio que se envolva com isso:  super mercados (sejam redes, sejam independentes), bares e restaurantes, adegas, rotisseries, padarias, açougues, etc...

 

Sem experiência nesse mercado, mas com experiência em marketing, eu, genericamente, apostaria minhas fichas distribuidas  70% na Rede de Pesquisa e 30% na Rede Display, caso o meu negócio fosse um fornecedor de serviços como, por exemplo, restaurantes, pizzarias, bares, distribuidores de bebidas, super mercados, etc; ou concentraria meus investimentos em mais de 90% na Rede de Display (ou até mesmo integralmente) caso eu produzisse um alimento ou bebida, pois sei que ainda não é muito popular utilizar a internet para comprar estes produtos para um consumo imediado e também por questões da cadeia de distribuição.

 

A Rede de Pesquisa é o canal certo para capturar aquelas pessoas que têm uma necessidade latente e eu não mediria esforços para estar em uma posição topo de página, justamente porque é difícil se diferenciar nestes mercados e porque existe uma chance alta de se realizar uma venda, então vale um investimento um pouquinho mais agressivo.

 

Por outro lado, a Rede de Display é o lugar certo pra se fazer um trabalho de fortalecimento de marca. E a beleza disso está nas imagens ou até mesmo vídeos que nós podemos trabalhar. Já pensou anunciar aquele tempero da sua linha de produtos em um site de receitas gourmet? Seria bacana e teria tudo a ver!

 

Exponha a marca de sua empresa com a mensagem que você quer construir para ela e abuse da utilização de fotos com alta qualidade (daquelas que te fazem salivar). Em paralelo a isso, monte uma estratégia de segmentação pensando em quem é o seu público e em que local da Rede de Display ele está (sites de receitas, sites para mães, páginas de nutrição, portais sobre esporte…). Vale a pena usar um grupo de canais ou ser mais abrangente através tópicos amplos? Será que não seria interessante criar uma lista de remarketing para que, após ela ultrapassar 500 usuários, termos acesso à uma lista de público-alvo semelhante?

 

A resposta para estas perguntas na verdade depende do tipo específico de negócio que você tem e qual é o objetivo da utilização do AdWords para a sua empresa.

 

Vamos lá, pessoal, vocês podem dividir a experiência que já tiverem nesse setor?

 

Um abraço

Especialistas responderamverified_user

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Funcionário do Google

Legal esse post, Thiago!

 

Nessa época de final de ano, o mercado de bedidas e alimentos fica super aquecido. Apenas lembrando que é importante, principalmente no caso das bebidas, revisar a política de bebidas alcólicas, ok gente?

 

Um abraço!

Cassiana

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Funcionário do Google
Excelente ponto, Cassi!

Observar as nossas políticas é importantíssimo para evitar problemas de reprovação de anúncios Smiley feliz

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Funcionário do Google

Olá pessoal,

 

isso mesmo! Vale a pena prestar bem a atenção nas políticas do Google Adwords. Além disso, bastante interessante é a criação de anúncios de vídeos para explorar bem o melhor dos produtos alimentícios, principalmente para o período do Natal. 

 

Vale à pena dar uma olhadinha no nosso link: Criar anúncios em vídeo com o Adwords para vídeo

 

Abraços e ótimas camapanhas de Natal!

Catha

-------------------------------------------------------------------------------
O Adwords também está nas redes sociais! Confira!

Google+: www.google.com/+GoogleParaSeuNegocio
Facebook: www.facebook.com/adwords
Twitter: @GoogleAdWordsBR

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Calouro ✭
Pode Diferenciar como bebidas se for só bar e alimentos como restaurante, ou seja, não tem uma diferença, pode ser tanto restaurante como um Bar, em outras questões o ponto que pretende montar de alimentos e bebidas tem que ser distanciados de outros bares e restaurantes por conta da concorrência e ficar mais próximo que têm bastante movimento.


Sylvia Andréa Konrath

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Funcionário do Google
Excelente Thiago! Muito bom mesmo!

Pessoal, só completando com mais dicas:

1 - O mercado de bebidas e alimentos é muito sensível a preço. Ou seja, os produtos são muito similares entre si e o preço cobrado é um fator determinante na hora do consumidor escolher com quem vai comprar. Portanto, garantam uma excelente qualidade x lance nas suas campanhas para aparecer, cada vez mais, nas primeiras posições!

2 - Usem e abusem da programação de anúncios. Se você for um bar noturno, tipo um pub, será que não vale mais a pena anunciar nos dias fortes como quinta, sexta e sábado nos horários noturnos? E se você é um restaurante que o forte é o almoço executivo, porque não focar nos dias de semana entre 11:00 - 15:00?

3 - Extensões de anúncios! Usem tudo! Sitelinks, Extensão Social e, principalmente, Extensão de Local! Ás vezes, a pessoa procura comodidade e quer ir comprar sua bebida ou comer em algum lugar próximo. Para isso, é importante que suas informações de local estejam já no seu anúncio e que entreguem o que o cliente quer.
Entrem em - http://www.google.com.br/business/placesforbusiness/ - e façam já sua listagem no Places. Após esse processo, entrem na sua campanha no Adwords e acionem a extensão de local.

É isso aí pessoal, até a próxima!

Um abraço,

Alan

------------------------------------------------------------------------------------------------
O Adwords também está nas redes sociais! Confira!

Google+: www.google.com/+GoogleParaSeuNegocio
Facebook: www.facebook.com/adwords
Twitter: @GoogleAdWordsBR

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Funcionário do Google

Parabéns Thiago! 

 

Só complementando: 

 

- Foco no Mobile!!

 

30% das buscas nessa categoria são feitas pelo celular (Fonte: Google). E a tendência é de alta para esse tipo de Aparelho. Portanto, tenha um site adapdato para o formato. Também trabalhe os lances nesse caso. Dá para ter um bom CTR por um CPC médio mais baixo que para o Desktop. 

 

- Remarketing

 

Vamos combinar uma coisa..a fome nunca realmente desaparece. Smiley muito feliz

Portanto trabalha o remarketing com produtos correlatos e se diferencie apostando em combinações por produtos / locais / horários.

É nesse momento que você entende como seu consumidor realmente pensa.

 

Boa continuação!

 

Abraços,  

Alex M.

O Adwords também está nas redes sociais! Confira!

Google+: www.google.com/+GoogleParaSeuNegocio
Facebook: www.facebook.com/adwords
Twitter: @GoogleAdWordsBR

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

[ Editado ]
Funcionário do Google

Oi, Pessoal, tudo jóia?

 

Muitas dicas e posts legais, espero que vocês estejam aproveitando este material!

 

Queria complementar a discussão falando um poquinho do Adwords Express! Fizemos um Hangout super interessante e didático sobre este produto ontem, vocês podem assistir a aula neste link:

 

Hangout sobre Adwords Express.

 

O Adwords Express é uma excelente alternativa para quem:

 

- Tem um negócio com endereço / loja física

- Quer atingir o público local

- Não tanto tempo disponível para gerenciar sua conta e mesmo assim que estar presente no mundo online.

 

Outra coisa super importate: Você não precisa ter um site para anunciar! É possível usar um perfil do Google+ como a página de destino dos anúncios.

 

Neste mercado de alimentos e bebidas, existem muitas empresas e negócios que podem aproveitar o Adwords Express para anunciar de uma maneira rápida, prática e fácil: restaurantes, padarias, supermercados, bares, entre outros.

 

Para usar o Express você precisa apenas cirar uma conta, indicar seu endereço, escolher um raio para atingir e a categoria do seu negócio e definir um orçamento mensal. E pronto! Seus anúncios já vão aparecer na rede de Pesquisa do Google, com as palavras-chave selecionadas automaticamente para a sua conta, com base na categoria selecionada.

 

Dicas importantes:

 

- O público-alvo que poderá ver o seu anúncio será escolhido com base no raio de segmentação, que pode variar de 25km a 65km ao redor do seu endereço, e na categoria e subcategorias do seu negócio. É importante tomar cuidado para não deixar a campanha muito segmentada - selecionando muitas categorias específicas e raios menores - pois isso poderia restringir muito a aparição dos anúncios.

 

- Ao definir o orçamento diário, lembre-se que o Adwords Express opera focando no orçamento mensal. O custo diário poderá variar, mas ele sempre respeitará a estimativa do gasto por mês!

 

Se você ainda não está anunciando na Web e se encaixa no perfil dos anunciantes de Express, não deixe de aproveitar esta oportunidade e começar uma campanha agora!

 

Site do Adwords Express

Central de ajuda do Adwords Express

 

Para quem não tiver um website e quiser criar uma página do Google+, recomendo que vocês assistam também nossos Hangouts sobre o assunto:

Como o Google+ pode ajudar o seu negócio

Aumentar a sua rede no Google+ II

 

Espero que estas dicas tenham ajudado!

 

Grande abraço,

Camila

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Aprendiz ✭ ✭ ✭

Oi gente!

Anunciar bebida alcoólica é realmente um desafio, principalmente com anúncios gráficos da Rede de Display.

Tenho um cliente deste segmento que é e-commerce de 1 produto só. Trabalhamos pesquisa e display e os anúncios gráficos sempre são aprovados limitados (por causa da política) e já percebi que, para este cliente, os anúncios gráficos, quando aprovados sem limitação, são os que geram mais cliques. É uma pena.

Temos campanhas em Google e Facebook e por incrível que pareça Facebook é o que tem gerado mais vendas. Fiquei bastante triste com isso, já que sou uma defensora árdua de Google. E porque no Google os usuários estão buscando aquilo e a propensão para converter seria maior. 

Trabalhamos Remarketing, segmentação na rede de display, otimização frequente de termos de pesquisa. Tentamos de tudo um pouco.

A palavra-chave que gerou mais conversão foi a própria marca do produto. Sei da importância dos links patrocinados, porém poderia ter conseguido isso com um trabalho bom de SEO no site ao invés de pagar pela palavra.


Eu estava pensando...será que por se tratar de um produto premium, o Facebook mostrou melhor desempenho por ser uma rede social com mais infiltração de pessoas com maior poder aquisitivo e termos maior poder de segmentação?

O que vocês cham?

 

Abraços!

Cecilia Dantas
+CeciliaDantas | Site | LinkedIn | Twitter

Re: Vendendo Mais no Mercado de Bebidas e Alimentos

Funcionário do Google

Olá, Cecília Dantas,

 

Concordo que é um desafio promover anúncios de bebidas alcoólicas na Rede de Display, mas vale a pena se adaptar para tentar gerar novos acessos, afinal, a Rede é imensa e cheia de oportunidades. O Google leva muito a sério as políticas, que estão baseadas naquilo que a empresa acredita ser o melhor para o usuário, para a sociedade e para si, além de observar as leis de cada país onde atua, mesmo que tenha que abrir mão de rentabilidade.

 

Vou compartilhar um artigo com vocês que fala justamente sobre Google vs. Facebook. Infelizmente está em inglês, mas, quem realmente se interessar e tiver alguma dificuldade com o idioma, é só usar o nosso maravilhoso Google Translate.

 

Um abraço e sucesso