Partners
863 Usuários online agora
863 Usuários online agora
Enfrentando problemas? Converse com a gente sobre prospecção e como gerir melhor suas atividades
Guie-me
star_border
Responder

Considerando agências para gerenciar sua publicidade online

Mestre ✭ ✭ ✭

Olá a todos!

 

Quem aqui usa agências para gerenciar sua publicidade online? Por que, ou por que não? Quem vocês imaginam que deveria considerar uma agência, e quem deveria gerenciar suas próprias contas?

 

Para quem trabalha em agências (que acredito serem a maioria aqui): qual é o perfil típico de um bom cliente? Que tipo que indústria, que tamanho? É melhor quando o cliente já vem com objetivos de publicidade definidos, ou é melhor que decidam com vocês?

 

Vamos entender melhor o mercado!

___
Circule-me no Google+
AdWords nas redes sociais: Google+ | Facebook | Twitter
Especialistas responderamverified_user

Soluções aceitas
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico PriscilaQ
Setembro 2015

Priscila,   Eu trabalho em agência.   Vejo que o principa...

Aprendiz ✭

Priscila,

 

Eu trabalho em agência.

 

Vejo que o principal é ter um especialista cuidando da campanha. Pois quanto mais o Adwords e a própria cultura de venda/compra on-line cresce no Brasil maior a concorrência e mais difícil a conversão. 

 

Então se o objetivo é venda, só um especialista poderá trazer conversões.

 

Sobre contratar uma agência ou contratar um funcionário para gerênciar a campanha. Se a empresa tem demanda suficiente para pagar uma pessoa com 100% de alocação e conhecimento para Campanhas on-line.... é uma boa alternativa. Agora essa realidade não é muito comum. Então vale a pena ter uma agência que tenha um especialista e reparta o custo com outros clientes.

 

Na verdade o importante, na minha opinião, é um especialista. A escolha de qual caminho envolve o custo para a empresa.

 

O que  não pode acontecer é colocar qualquer pessoa para cuidar das campanhas pois aí não se tem resultados e acaba-se desistindo de investir por achar que Adwords não funciona, quando na verdade a escolha do administrador da campanha não foi correta.

 

Abraços

Lígia Buchfink

 

 

 

Lígia Buchfink
Empreendedorismo e Marketing Digital
ligia.buchfink.com.br

Exibir solução no post original


Todas as respostas
Marcado como Melhor Resposta.
Solução
Aceita pelo autor do tópico PriscilaQ
Setembro 2015

Priscila,   Eu trabalho em agência.   Vejo que o principa...

Aprendiz ✭

Priscila,

 

Eu trabalho em agência.

 

Vejo que o principal é ter um especialista cuidando da campanha. Pois quanto mais o Adwords e a própria cultura de venda/compra on-line cresce no Brasil maior a concorrência e mais difícil a conversão. 

 

Então se o objetivo é venda, só um especialista poderá trazer conversões.

 

Sobre contratar uma agência ou contratar um funcionário para gerênciar a campanha. Se a empresa tem demanda suficiente para pagar uma pessoa com 100% de alocação e conhecimento para Campanhas on-line.... é uma boa alternativa. Agora essa realidade não é muito comum. Então vale a pena ter uma agência que tenha um especialista e reparta o custo com outros clientes.

 

Na verdade o importante, na minha opinião, é um especialista. A escolha de qual caminho envolve o custo para a empresa.

 

O que  não pode acontecer é colocar qualquer pessoa para cuidar das campanhas pois aí não se tem resultados e acaba-se desistindo de investir por achar que Adwords não funciona, quando na verdade a escolha do administrador da campanha não foi correta.

 

Abraços

Lígia Buchfink

 

 

 

Lígia Buchfink
Empreendedorismo e Marketing Digital
ligia.buchfink.com.br

Olá Priscila,   Trabalho numa empresa onde um dos serviço...

[ Editado ]
Principal Colaborador

Priscila escreveu:

 

Para quem trabalha em agências (que acredito serem a maioria aqui): qual é o perfil típico de um bom cliente? Que tipo que indústria, que tamanho? É melhor quando o cliente já vem com objetivos de publicidade definidos, ou é melhor que decidam com vocês?

 


Olá Priscila,

 

Trabalho numa empresa onde um dos serviços que prestamos é a optimização e gestão de campanhas Google AdWords. É dificil definir um perfil de um bom cliente ainda mais por aqui em Portugal onde ainda existe bastante desconhecimento dos empresários "de mais idade" sobre a presença online. A tendência é crescente, tenho notado  que existem muitas empresas a aderir ao programa, enquanto que anteriomente a prioridade era ter um site, agora a prioridade é estar bem classificado nos motores de busca, nomeadamente no Google. O que acontece é que muitas vezes "batem na parede" e desistem de anunciar por falta de resultados e é ai que devem entrar os profissionais das agências no sentido de prestar o seu know-how na gestão das campanhas.

 

O perfil de um bom cliente é aquele que esteja disponível para partilhar informação da empresa e do seu mercado-alvo, que seja aberto as novas sugestões que vão sendo dadas, que seja dinâmico e pró activo, que esteja disposto a investir, etc..É certo que os resultados que vão sendo obtidos ai são cruciais para gerar interesse do cliente, por isso os objectivos de publicidade são comuns a todos: Retorno do investimento.

 

Entendo que as campanhas no Google devem ser geridas por profissionais, por variadas razões, Know-how, disponibilidade, experiência,  uso das ferramentas de optimização e de medição de resultados, acompanhamento das constantes mudanças no programa, enfim o empresário na minha opinião deve ocupar o seu tempo a gerir a empresa e deixar a gestão da publicidade online para os profissionais da área que sejam competentes. 

Nuno Mota
google + "Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo (Paul Pilzer)"

Google

Trabalho da Agência CASA (pelo grupo JWT). Acredito que a...

[ Editado ]
Principal Colaborador

Trabalho na Agência CASA (pelo grupo JWT). Acredito que a principal vantagem de agência é a grande reunião de profissionais - temos muitos a analista de links trabalhando com clientes variados, seja de varejo, conteúdo ou marca, então a vivência com os recursos e estratégias está sempre sendo aprimorada.

 

A empresa têm que fazer a análise Fazer ou Comprar (Make or Buy) caso pretenda terceirizar um serviço, querendo ou não quando falamos de empresas falamos de recursos limitados e necessidade de retorno. Enquanto agências possuiem mais mobilidade ao longo do tempo (falo em anos) profissionais internos são mais rentáveis e também capaz de dar bons resultados, mas precisam de um esforço pessoal para buscar aperfeiçoamente. Como o Nuno mesmo disse clientes "de mais idade" não compreendem a necessidade de utilizar o meio digital e dificilmente investiram em treinamentos para seus funcionários.

Henrique Giacomitti
Linkedin

Olá Priscila, Trabalho na empresa Empório High-Tech, situ...

Aprendiz ✭ ✭ ✭
Olá Priscila,

Trabalho na empresa Empório High-Tech, situada na cidade de Resende, cidade do interior do RJ.
Apesar de a cidade estar em pleno crescimento econômico, 99,9% dos nossos clientes são de outras cidades. O motivo todos imaginam, pois já foi dito pelos colegas. Há uma dificuldade muito grande em convencer clientes mais tradicionalistas, que estão acomodados com a demanda atual de suas empresas a investirem na web. Não que isto seja regra, mas pode-se sim atribuir o motivo da baixa adesão destes clientes à sua pouca vivência com a rede mundial de computadores, o que acaba gerando para eles uma certa insegurança e desconfiança quanto a eficiência deste meio. Com isso, criou-se a necessidade de desenvolver uma comunicação específica, facilitando a compreensão destas pessoas tornando termos técnicos mais simplificados, apresentando resultados concretos, desenvolvendo campanhas contendo depoimentos e cases de sucesso de outros clientes, oferecendo um período gratuito apoiado na bonificação concedida pelo Google na criação de uma nova conta, demonstrando transparência ao permitir o acompanhamento pessoal da campanha, promovendo reuniões mensais, bimestrais ou trimestrais individuais para apresentar balanços e desempenhos, além de diversos outros recursos que o familiarizem com o ambiente web.
Logicamente estas ferramentas não trabalham por si só, pois tão importante quanto ter "o que vender" e "como vender", é saber "pra quem vender", ou seja, definir o segmento que melhor se adapta as vendas online. Baseando minha opinião na nossa própria experiência, dentro da nossa gama de clientes, definimos os setores hoteleiros/viagens, serviços e de manufaturas como os clientes com maiores facilidades na adaptação ao ambiente web. Seja pela necessidade e facilidade de segmentação do ramo, pela rentabilidade do custo/benefício ou até mesmo pela capacidade de atenderem a uma grande demanda.
Aliando a comunicação certa ao público certo, a captação destes clientes e a sua identificação com o Marketing Digital se tornará muito mais ágil e eficiente.

Logicamente que empresas já estruturadas e com objetivos, metas e dados de investimento bem definidos além de acelerar o nosso processo de trabalho, torna-o muito mais confortável. Por outro lado, clientes novos e em pleno processo de crescimento podem contribuir muito para o nosso aprendizado além de aguçar a nossa versatilidade em casos futuros.

Sobre a utilização ou não de agências, isto independe de fatores específicos. Qualquer pessoa ou empresa que seja ou contenha um profissional qualificado pode criar e administrar sua própria campanha. Mas assim como qualquer outro serviço, somos procurados para oferecer comodidade e garantia de bons resultados para os investidores.

Lembrando que estas são opiniões próprias baseadas nos procedimentos adotados por nossa empresa.

Espero ter contribuído de alguma forma.
Grande abraço a todos!


"Existem três classes de pessoas infelizes: as que não sabem e não perguntam, as que sabem e não ensinam e as que ensinam e não fazem!"
(Siddhartha Gautam Buddha)

Olá pessoal,   Acredito que as companhias pequenas e médi...

Antigo Principal Colaborador

Priscila escreveu:

Olá a todos!

 

Quem aqui usa agências para gerenciar sua publicidade online? Por que, ou por que não? Quem vocês imaginam que deveria considerar uma agência, e quem deveria gerenciar suas próprias contas?

 

Para quem trabalha em agências (que acredito serem a maioria aqui): qual é o perfil típico de um bom cliente? Que tipo que indústria, que tamanho? É melhor quando o cliente já vem com objetivos de publicidade definidos, ou é melhor que decidam com vocês?

 

Vamos entender melhor o mercado!


Olá pessoal,

 

Acredito que as companhias pequenas e médias devem se preocupar em fazer a sua própria gestão de campanhas, nem sempre é lucrativo ter uma agência. Mas para isso precisa de um bom tempo de dedicação e conhecimento sobre a ferramenta, investir tempo ao invés de dinheiro no diferencial de conhecimento é importante, por isso acredito que in-house é a melhor opção. Para médias e grandes companhias, acho que o ideal é ter agência envolvida, parcialmente ou integralmente, dificilmente um cliente tem o expertise que a agência tem, pois são profissionais que trabalham com isso, e estão ligados diretamente a novidades e opções da ferramenta. E dificilmente a agência tem o expertise que o cliente tem no seu core business, são dos expertises que podem se completar.

 

O cliente que considero ideal é o cliente que participa e está aberto a ideias, não precisa aceitar todos, mas considerar. Que acompanha e cobra a agência com frequência por resultados, mas sabe ser sensato a flutuações do mercado. 

 

(Muito bom o tópico...)

Excelente tema Priscila.   Muito bom o comentário da Lígi...

[ Editado ]
Principal Colaborador

Excelente tema Priscila.

 

Muito bom o comentário da Lígia. Está muito alinhado com o que tenho visto no dia-a-dia.

 

Alan, seria ideal que as micro empresas dedicassem este tempo ao aprendizado, mas geralmente é próprio dono do negócio que descobre a ferramenta e começa a usá-la. Além disso eles precisam cuidar de todo o negócio deixando as campanhas rodarem no "automático". Aí acontecem os problemas já citados pela Lígia. Principalmente em mercados competitivos.

Felizmente já existem alguns profissionais no nosso mercado que são capazes de gerenciar as contas destes empreenderes sem causar tanto impacto na lucratividade do negócio.

--

Google+ | LinkedIn | Twitter


"O primeiro passo para aprender a pensar, curiosamente, é aprender a observar. Só que isso, infelizmente, ninguém ensina." (Stephen Kanitz)

Concordo Dantas.

Antigo Principal Colaborador
Concordo Dantas.

Estou de acordo com o Alan. Acredito que depende muito do...

Calouro ✭

Estou de acordo com o Alan. Acredito que depende muito do porte do cliente/negócio.

 

Nas agências (as boas, claro) é comum encontrar diversos tipos de profissionais: especializados em search, em display, mobile, remarketing, business intelligence, design, entre outros. Somados os esforços desses profissionais é possível ter uma campanha de sucesso. Entretanto, isso pode sair muito caro. Já trabalhei em duas agências, uma grande e uma pequena, e em ambas as taxas de gestão eram altas. Creio que apenas grandes corporações com grandes investimentos deveriam considerar contratar agências. 

 

No caso de pequenos negócios, ainda que exista um planejamento de crescimento a curto prazo, penso que é mais em conta ter um ou mais profissionais internos, desde que sejam amplamente qualificados. Infelizmente ainda é comum vermos muitos anúncios amadores circulando pela rede, e é bem provável que a maioria deles não tenham sido criados por profissionais de agências. 

 

Há também um terceiro caso em que acredito que seja melhor manter uma equipe interna. Na corporação onde trabalho, por exemplo, existem diversos produtos. E mesmo que esses produtos tenham objetivos completamente diferentes, é preciso existir uma integração. Dessa forma, e como também há a utilização de ferramentas próprias de mensuração, é muito mais interessante ter uma equipe interna do que treinar terceiros para prestar esses serviços.

 

 

 

Considerando agências para gerenciar sua publicidade online

Calouro ✭

Estou com meu codigo de verificação mais nao estou conseguindo fazer o precidmento