AdWords
180 Usuários online agora
180 Usuários online agora
Faça perguntas ou compartilhe técnicas para gerenciar suas campanhas de maneira eficiente: um espaço para falar sobre objetivos e estratégias de publicidade e em maneiras de configurar suas campanhas
Guie-me
star_border
Responder

Mitos das correspondências de palavras-chave

[ Editado ]
Mestre ✭ ✭ ✭

Olá!

 

Notei em alguns posts aqui na Comunidade que muitas pessoas têm dúvidas sobre as correspondências de palaras-chave. Algumas até acreditam em alguns mitos. Vamos tentar derrubá-los aqui!

 

O primeiro mito que eu vi por aí é de que deve-se usar todas as correspondências de palavra-chave na campanha para ter um bom desempenho. Neste caso, vai depender do que você considera um bom desempenho. Se a ideia é que ter a mesma palavra em várias correspondências melhora seu Índice de qualidade, então não é bem assim Smiley feliz

 

O Índice de qualidade é cálculado usando apenas os dados de cliques em que a palavra-chave é exatamente igual à consulta de pesquisa do usuário. Isto significa que cliques ocorrendo em consultas de pesquisa relevantes que têm uma correspondência de frase ou ampla em relação à palavra-chave não são consideradas.

 

Vejam: isto não significa que você só deva ter palavras chave em correspondência exata na sua conta. Não é isso! Só significa que o Índice de qualidade vai considerar apenas os cliques em que a palavra-chave foi igual à consulta de pesquisa.

 

Exemplo: eu vendo tênis de corrida e quero usar as seguintes palavras:
 
tênis de corrida
"tênis de corrida"
[tênis de corrida]
Tênis de Corrida
Tênis de corrida
TÊNIS DE CORRIDA
 
Estas palavras-chave são vistas como palavras-chave iguais. Se o usuário busca por tênis de corrida, e você não tem a palavra-chave [tênis de corrida], os cliques para ela seriam recebidos pela palavra tênis de corrida (em ampla).
 
Se você coloca uma palavra-chave com tipos de correspondência diferentes na conta, você está só comprando a mesma palavra com um alcance diferente. Em termos de índice de qualidade não faz diferença, mas pode ajudar a controlar seus custos.
 
A única razão para ter várias correspondências para a mesma palavra-chave é se você quiser ter um lance maior para quando a pesquisa for pela palavra exata [tênis de corrida] e quiser pagar menos para as buscas amplas ou vice-versa. Você pode segmentar seus relatórios de palavra-chave por tipo de correspondência e, lá, verificar qual a correspondência com melhor desempenho. A partir daí, você pode separar a mesma palavra-chave em várias correspondências e ajustar seus lances com base, por exemplo, nos custos de conversão de cada tipo.
 
Ou seja: vejam a adição de vários tipos de correspondência como uma ferramenta de controle de custos, e não de Índice de qualidade.
 
Tudo certo? Se tiverem alguma dúvida, publiquem aqui! Vou tentar explicar este caso direitinho antes de passar para o próximo mito.
 
Abraços!
___
Circule-me no Google+
AdWords nas redes sociais: Google+ | Facebook | Twitter
Especialistas responderamverified_user

Oi Priscila,   Partindo desta premissa:

Aprendiz ✭

Oi Priscila,

 

Partindo desta premissa:

O Índice de qualidade é cálculado usando apenas os dados de cliques em que a palavra-chave é exatamente igual à consulta de pesquisa do usuário.
A mesma palavra com correspondência exata ou de frase terá o mesmo índice de qualidade?
[floricultura em são paulo] - o IQ será calculado apenas quando a busca for por floricultura em são paulo
"floricultura em são Paulo" -  o IQ será calculado apenas quando a busca for pela palavra exata comrpada que será também floricultura em são paulo
Porém tenho notado que quando tenho uma palavra com IQ 4 e correspondência  ampla e mudo para frase ou exata o índice aumenta. Por que isso acontece?
Obrigada
Lígia Buchfink

 

 
Lígia Buchfink
Empreendedorismo e Marketing Digital
ligia.buchfink.com.br

A questão de somente correspondências exata influenciar o...

Principal Colaborador

Priscila escreveu:

 

 

Vejam: isto não significa que você só deva ter palavras chave em correspondência exata na sua conta. Não é isso! Só significa que o Índice de qualidade vai considerar apenas os cliques em que a palavra-chave foi igual à consulta de pesquisa.

 

 

A questão de somente correspondências exata influenciar o índice de qualidade tem sido regra por vários anos.

 

Mas notei algo confuso: Este artigo da ajuda, diz o seguinte:

 

Se você não usar palavras-chave negativas, seus anúncios poderão ser exibidos para pessoas que não têm interesse em sua empresa ou em seu serviço. Isso pode diminuir o Índice de qualidade das palavras-chave e prejudicar o retorno do investimento.

 

Que é uma afirmação nova, tenho certeza que não existia esta afirmação antigamente antes se falava em somente adicionar palavras chaves para melhorar o ROI - isto me leva a crer que a regra mudou e agora o índice de qualidade é também calculado para termos de consulta que não correspondem exatamente à palavra chave existente na conta, senão não faz sentido adicionar palavras negativas para melhorar o índice de qualidade como afirma o artigo.

 

O que você acha Pri, a regra mudou ou o artigo poderia estar errado?

___

"Você não precisa de uma empresa de 100 funcionários para desenvolver aquela ideia" ~Larry Page

Oi, Ligia. Isto pode acontecer devido aos outros fatores...

Mestre ✭ ✭ ✭

Oi, Ligia.


ligiabuchfink escreveu:
A mesma palavra com correspondência exata ou de frase terá o mesmo índice de qualidade?
Porém tenho notado que quando tenho uma palavra com IQ 4 e correspondência  ampla e mudo para frase ou exata o índice aumenta. Por que isso acontece?

Isto pode acontecer devido aos outros fatores que compõem o Índice de qualidade. A taxa de cliques e a correspondência são apenas dois deles. Mas se com a mudança de correspondência você também muda o anúncio, ou a URL de destino, por exemplo, isto pode melhorar o Índice de qualidade.

 

Gravity, neste caso, acho que o artigo está errado e precisa de uma clarificação. Obrigada por ter enviado o link, já vou avisar a equipe responsável.

___
Circule-me no Google+
AdWords nas redes sociais: Google+ | Facebook | Twitter